Rede aleluia
A fórmula que vai mudar o seu casamento
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de agosto de 2019 - 09:29


A fórmula que vai mudar o seu casamento

Essa receita que transforma relacionamentos nos foi dada pelo próprio Deus, desde a criação do homem

A fórmula que vai mudar o seu casamento

Essa fórmula que transforma o casamento nos foi dada pelo próprio Deus, desde a criação do homem, lá em Gênesis:

“Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne.” Gênesis 2.24

“Quando isso acontece, algo magnífico passa a operar dentro de cada um”, explicou, recentemente, o Bispo Renato Cardoso, durante a bênção aos casais, realizada todos os domingos, no Templo de Salomão, em São Paulo.

Citando o próprio casamento como exemplo, ele afirma que após 28 anos de casados, eles chegaram a um patamar de relacionamento onde não esperam mais nada um do outro, apenas que permaneçam como estão, e isso é magnífico.

Não existe mais reclamações e insatisfações de nenhuma das partes.  Ambos já abriram mão de tudo aquilo que os impediam de ser um só e, por isso, alcançaram a realização no casamento.

Não deixe o seu cônjuge em segundo plano

“Quando você chega neste estágio, não tem mais cobrança. Se isso ainda não aconteceu no seu casamento, é porque tem algo que você ainda não abriu mão em prol dele. Você está agarrado a alguma coisa que impede a sua entrega total ao outro,” alertou.

Por essa razão, enfatizou, não consegue ser “um” com seu cônjuge e ele, consequentemente, se sente infeliz e insatisfeito, pois percebe que está sendo deixado em segundo plano.

O que tem lhe impedido de se entregar por completo ao seu relacionamento e se tornar um com seu cônjuge?

Talvez, você esteja apegado aos seus pais, ao seu trabalho, aos seus objetivos pessoais. Seja lá o que for, enquanto você não abrir mão, as cobranças sempre estarão presentes em seu relacionamento. Além disso, vocês nunca serão uma só carne e, consequentemente, estarão sempre frustrados um com o outro.

Projeto de Deus

Para Cristiane Cardoso, o casamento projetado por Deus se assemelha ao relacionamento de Deus com a Igreja, no qual a visão, os objetivos e sonhos são os mesmos.  Contudo, quando o casal tem objetivos distintos, não consegue se entregar totalmente um ao outro.

Ela esclarece que apesar de, aparentemente, fazerem tudo certinho dentro do casamento, os sonhos pessoais os separam.

“Mas, a verdade é que você só será feliz se praticar o que a Bíblia ensina sobre casamento. Se você quiser aplicar outra fórmula, não terá o casamento que Deus instituiu. Você não será feliz, porque essa é a única fórmula para obter um casamento feliz e saudável”, destaca Cristiane.

O erro de muitas pessoas é condicionar a própria mudança à mudança do outro. Enquanto fizerem isso, o casamento permanecerá estagnado, sem nenhuma perspectiva de transformação.

Leia também:

As 3 exigências para um casamento bem-sucedido

Os três amores que devem existir no namoro

O que você ainda não entregou?

“Não fique cobrando do outro. Pergunte a si mesmo: o que eu ainda não entreguei? ”, aconselha o Bispo Renato.

Cristiane ressalta, ainda, que não se trata de perder a sua personalidade, mas de se tornar uma pessoa melhor. Ela explica que essa é a função do casamento: nos fazer pessoas melhores. Mas, para funcionar é preciso que haja entrega.

Do mesmo modo, o Bispo Renato explica que não há nenhum mal em ter objetivos pessoais, contanto que eles não estejam na frente do seu cônjuge.

“No casamento, você tem que colocar o outro em primeiro lugar, do contrário, ele vai se sentir sobrando e não vai ficar feliz. Nem você ficaria feliz se fosse tratado dessa forma”, observa.

Lembre-se:  se há algo a desejar, é porque ainda há algo a entregar. Reflita sobre isso!

Para aprender mais sobre como construir um relacionamento feliz e saudável, participe da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão e em outras localidades. Consulte aqui o endereço mais perto da sua casa.

 


A fórmula que vai mudar o seu casamento
  • Jeane Vidal / Foto: Getty Images 


reportar erro