As 3 exigências para um casamento bem-sucedido

Os palestrantes Carlos e Cintia Cucato esclarecem cada uma delas. Entenda


Por Jeane Vidal / Foto: Getty Images

Infelizmente, casamentos sólidos e duradouros são cada vez mais raros.

Se por um lado, homens e mulheres estão sempre em busca de alguém para se relacionar, por outro, são poucos os que conseguem levar a relação adiante e progredir para um casamento.

Na mesma velocidade que se conhecem e se casam, ou vão morar juntos, se descasam e partem para uma nova tentativa que, por sua vez, também é fracassada. E, assim, a vida segue.

A verdade é que muitas pessoas lidam com a vida amorosa como se estivessem fazendo jogos de azar. Semanalmente, elas vão à casa lotérica fazer suas “apostas” na esperança de que, um dia, acertem os números da sorte. Mas, em vez disso, a cada semana se sentem mais frustradas ao conferirem os números e perceberem que erraram mais uma vez.

Usando a estratégia correta

O problema é que, em vez de mudarem a estratégia para enriquecer e alcançar seus objetivos, continuam insistindo em algo que não está funcionando.

Assim agem muitos casais. Eles querem construir um relacionamento sólido, feliz e duradouro, no entanto, usam estratégias que os levarão justamente ao oposto disso: um casamento infeliz e frustrado que, fatalmente, acabará em divórcio.

De acordo com os palestrantes Carlos e Cintia Cucato, um casamento bem-sucedido exige basicamente três coisas:

1 – Fidelidade

É comum ouvir as pessoas justificarem suas traições por causa da grosseria do marido, da frieza da esposa etc. Contudo, ser fiel ou não é uma escolha e não tem nada a ver com a conduta do parceiro. “A infidelidade fala muito mais sobre você, quem você é, do que da outra pessoa. É você quem decide ser fiel ou não, independentemente das circunstâncias”, afirma Cintia.

Quando a pessoa é definida com respeito à fidelidade, evita situações que podem levá-la a ser infiel. Ela não dá brechas para que uma terceira pessoa se coloque entre ela e o marido ou a esposa.

A palestrante alerta que as tentações estão em toda parte. No trabalho, na faculdade, no círculo de amigos, mas quando a pessoa é fiel, ela foge da situação. E quando percebe que está se sentindo tentada, busca ajuda.

Mas, engana-se quem pensa que infidelidade é apenas física e emocional.

Também é infidelidade quando você mente para o seu cônjuge, ainda que seja na intenção de poupá-lo ou evitar um problema ainda maior. Entretanto, por mais difícil que seja, a verdade sempre será o melhor caminho, pois ela fortalecerá o relacionamento.

2 – Sacrifício

Não existe relacionamento sem sacrifício.

“Quando você se casa, a primeira coisa que sacrifica é a sua privacidade. Se você quer privacidade, não case”, aconselha Carlos Cucato.

Além disso, muitas pessoas têm destruído o casamento com as próprias mãos, porque se recusam a renunciar o seu jeito de ser. Pondere: o que é mais importante, sua felicidade conjugal ou seu jeito de ser? Então, sacrifique-o!

As discussões – na maioria das vezes por motivos banais – têm sido a razão de muitos lares desfeitos.

Por isso, em situações de estresse e discordância o melhor a fazer é não falar nada. Isso mesmo: sacrificar a vontade de retrucar, revidar as grosserias, fazer acusações etc.

Para os palestrantes, brigas desgastam a relação. Então, é preciso sacrificar o orgulho, o ego para que haja paz no relacionamento. Não se trata de jogar o problema para debaixo do tapete, mas esperar o momento oportuno para falar sobre ele com a cabeça fria, sem atacar um ao outro.

3 – Ser a bênção

Abraão era uma bênção para Sara e vice-versa, por isso, se tornaram referência de casal abençoado na Bíblia. O mesmo tem de acontecer com você e seu cônjuge. Mais do que ser abençoada, a pessoa precisa se tornar a própria bênção, pois, disso, também depende um casamento bem-sucedido. “Mas isso só Deus pode fazer, quando você recebe o Espírito Santo, o Espírito do Amor”, destaca Carlos Cucato.

Para aprender mais sobre como desenvolver um relacionamento feliz e duradouro, participe da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão e outras localidades. Consulte aqui os endereços.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

As 3 exigências para um casamento bem-sucedido

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games