Por que descartar corretamente os resíduos plásticos?

Por que descartar corretamente os resíduos plásticos?


Por Eduardo Prestes / Foto: iStock/ Arte: Edi Edson

Cerca de 100 mil animais marinhos morrem todos os anos em decorrência da contaminação de plástico nos oceanos. Por conta disso, há um crescente movimento global de combate a esse tipo de lixo. Na metade de julho deste ano, o prefeito do Rio Janeiro, Marcelo Crivella, sancionou uma lei para banir o uso de canudos plásticos em restaurantes, bares e quiosques, e estipulou multa de até R$ 3 mil aos estabelecimentos que descumprirem essa ordem. Em vez do plástico, devem ser usados canudos biodegradáveis. É a primeira capital brasileira que adota esta norma. Um mês antes, o governo do Estado do Rio de Janeiro já havia aprovado a proibição do uso de sacolas feitas com plásticos derivados de petróleo.

Questão emblemática
Sabetai Calderoni, presidente do Instituto Brasil Ambiente e doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP), reitera que o canudo plástico pode ser substituído por um produto feito de papelão. “A questão dos canudos é apenas um exemplo emblemático de um problema gigantesco. Esse lixo atua no entupimento de bueiros e acaba nos rios e no mar, porque não existe uma política pública para a reciclagem, embora exista lei para isso. Há exemplos de pessoas que nem utilizam mais o isopor como embalagem de sanduíche para ajudar nessa prevenção”, afirma.

“Não existe lixo”
Na opinião dele, embora seja possível afirmar que muitos plásticos não podem ser reaproveitados, a reciclagem pode e deve ser estimulada. “Não existe lixo, o que há é um olhar equivocado quanto a matérias-primas preciosas. O plástico reciclado pode ser usado até para produzir energia. Muitos não sabem, mas é 95% mais barato para a indústria usar sucata do que produzir material novo. Ela ganharia muito mais com a reciclagem do plástico e nós também com a redução desse material no meio ambiente, mas a produção industrial deveria usar materiais mais compatíveis com essa possibilidade”, explica.

Entulho rentável
O especialista avalia que a população pode ajudar fazendo a separação do lixo. “Ao separá-lo, as pessoas que têm espaço em casa podem fazer compostagem do material orgânico e usar esse resíduo como adubo em jardins. Plástico, papel, vidro e metais devem ser entregues a cooperativas para serem reaproveitados e gerar um tipo de renda para quem os reúne. Em Fortaleza, há um programa que troca o lixo reciclável por créditos no bilhete de ônibus e descontos na conta de energia elétrica. É um exemplo que se espalhou para outras cidades brasileiras”, observa Calderoni.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Por que descartar corretamente os resíduos plásticos?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games