Projeto Help ajuda jovens com pensamentos suicidas

Trabalho de voluntários ajuda jovens com pensamentos suicidas



Por Por Rafaela Dias / Fotos: Anderson Oliveira e Cedidas

Você conhece o novo grupo da Força Jovem Universal? Criado no fim do ano passado, o Projeto Help nasceu com a finalidade de ajudar pessoas que sofrem com o desejo de suicídio.

Desde sua fundação, o grupo tem ajudado jovens por todo o Brasil. Caroline Patricia, de 21 anos, (foto ao lado) por exemplo, é moradora da cidade de São Roque, no interior de São Paulo, e encontrou no grupo uma solução para os problemas que a levavam à automutilação.

A jovem conta que, a princípio, praticava a automutilação por influência de amigos que também automutilavam. Para ela, a prática era uma tentativa de amenizar o sofrimento decorrente deproblemas familiares, mas o resultado nunca foi o esperado.

“Eu tinha muito ódio da minha mãe adotiva. Meus pais biológicos me abandonaram quando eu era pequena e, com isso, uma revolta nasceu dentro de mim. Por várias vezes eu pensei em matar a minha mãe adotiva”, lembra a jovem que também se recorda de momentos de agressões à sua mãe.

Apesar de constantes momentos entre amigos, Caroline conta que não eram capazes de aliviar os maus pensamentos que nutria: “Quando chegava em casa me trancava no quarto e só sabia chorar. Eu vivia de aparências e escondia as cicatrizes usando blusas de frio para não ouvir comentários das pessoas”.

Com a microempresária Kelcya Katianne Moreira, de 26 anos, (foto ao lado) acontecia o mesmo. Ela também convivia com constantes brigas em casa, mas com um agravante: ela sofria com complexos de inferioridade e síndrome do pânico. Todos os problemas pareciam ser a perfeita razão para a jovem tirar a própria vida.

“Tentei me jogar na frente de um carro, pular de uma passarela e me cortar com uma faca”, disse a jovem que também desenvolveu transtornos alimentares, como a bulimia.

Em entrevista ao Portal Universal.org, o bispo Marcello Brayner, coordenador nacional da FJU, explica que tratar o assunto como tabu pode aumentar o risco de jovens vulneráveis a cometerem o suicídio:

“As pessoas sofrem por falta de conhecimento. Estamos nas redes sociais falando do assunto para que aqueles que vivem nesta situação saibam que existem pessoas que podem ajudá-las.”

A opinião do bispo pode ser sustentada pela última pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde. Divulgada no ano passado, ela aponta o crescimento em 12% no número de suicídios entre 2011 e 2015, sendo a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.

“Podemos mudar este cenário por meio da conscientização, atendimento e apoio a estes jovens. Este é o trabalho do Help: fazer com que aqueles que vivem desta forma vejam que vale a pena viver”, reiterou o bispo Brayner.

Quem deseja receber ajuda do Projeto Help deve procurar uma Universal mais próxima e se informar com o pastor responsável da FJU ou entrar em contato com o grupo por meio das redes sociais.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Projeto Help ajuda jovens com pensamentos suicidas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games