Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 12 de setembro de 2019 - 00:01


Quem pode pedir a justiça de Deus?

Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Romanos 8.7,8

Você que se diz cristão, da fé, crente da igreja A, B ou C, pastor, obreiro, missionário, ou qualquer outra função dentro da igreja, não importa, se você anda na carne, você não agrada a Deus.

Porque quem é do Espírito Santo, quem nasce de Deus é espírito.

E o que significa ser do espírito ou viver no espírito?
Significa viver na fé, no sacrifício, na justiça.

Oferecei sacrifícios de Justiça, e confiai no SENHOR. Salmo 4.5

É impossível a pessoa oferecer sacrifícios de justiça estando na carne.
Ora, se ela gosta da carne, ela gosta da injustiça, porque a carne é injustiça.
Os desejos da carne são contra a justiça de Deus.

Afinal, como alguém pode dizer que é de Deus, que é da verdade, se vive na mentira?

É impossível combinar…
A luz com as trevas.
A injustiça com a justiça.
A mentira com a verdade.

Nós estamos na reta final desta Campanha da Justiça, orando diariamente, clamando para que Deus faça justiça.

Se você vive na justiça, então tem o direito de clamar, de avocar para si aquilo que Deus prometeu.

Agora, se você vive na injustiça, com que direito vai se apresentar diante do tribunal de Deus?

Se você quer a Justiça de Deus, você tem que estar na justiça.
E para estar na justiça, você tem que sacrificar.

Sacrificar a mentira, as injustiças, aquilo que agrada aos desejos da carne.

Então, limpe-se, lave-se, purifique-se!
Faça um exame introspectivo, avalie a sua própria vida, deixe as injustiças, deixe o que está errado, para que neste domingo, dia 15, você venha com todo o direito cobrar de Deus a justiça dEle.


reportar erro