Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 8 de julho de 2019 - 00:00


Os dias que antecedem o sacrifício

Os dias foram de aperto, de apelos...

Abraão não saiu de Harã festejando ou louco para enfrentar os desafios que lhe esperavam, até chegar ao lugar que Deus lhe mostraria.

Os dias foram de aperto, de apelos. Imagine seu pai dizendo: “Já perdi um filho, agora vou perder outro”. Ele venceu tudo, todos os conflitos e obedeceu.

Os dias que antecederam o sacrifício vicário do Senhor Jesus foram de guerra. Vejamos em Lucas 22.41-44:

E apartou-Se deles cerca de um tiro de pedra; e, pondo-se de joelhos, orava…

O sacrifício separa a pessoa das outras. É individual.

Dizendo: Pai, Se queres, passa de Mim este cálice; todavia não Se faça a Minha vontade, mas a Tua.

Não aceite a acusação do diabo dizendo que você é fraco devido aos conflitos. A guerra acontece com todos, o importante é fazer a vontade de Deus.

E apareceu-Lhe um anjo do céu, que O fortalecia.

O anjo não veio para livrá-LO do sacrifício, mas para encorajá-LO, fortalecê-LO.

E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o Seu suor tornou-Se como grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão.

Os dias que antecedem o sacrifício produzem agonia, mas por acharem que não é necessário vivê-los intensamente, muitas pessoas são levadas à frustração e ao engano.

Quem recebeu a revelação do Altar, enfrenta a dor do sacrifício e recebe a imagem de Deus, deixando de viver a dor da imagem do fracasso.


  • Colaborador: 

  • Bispo Gonçalves


reportar erro