Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 8 de janeiro de 2016 - 05:58


Desenvolvimento…

12º Dia do Jejum de Daniel

Uma vez que a mulher engravida, a cada mês ela sabe que o filho deve se desenvolver.

Se o filho dentro do seu ventre para de desenvolver, o médico já acusa a gravidez como gravidez de alto risco. Isto é, a qualquer momento ela pode ter um aborto espontâneo.

Se o bebê se desenvolve bem, ao cabo de 9 meses ele nasce. Após o nascimento, ele evolui; nos primeiros meses, começa a ganhar peso, a crescer, a engatinhar e, ainda no primeiro ano de nascido, a andar.

Se ele, no primeiro e no segundo ano, não fala e não anda, os pais sabem que estão diante de um grande problema, pois a criança nasceu perfeitamente, porém deixou de desenvolver.

Como trazer isso para os nossos dias? Como trazer isso para as necessidades da igreja?

A pessoa está dentro da igreja (ventre), chegou à igreja, e o normal é que ela desenvolva a sua vida com Deus através das orientações da Palavra de Deus. Ela começa a desenvolver o seu lado espiritual (comunhão com Deus, através da oração, jejum, leitura e meditação diária na Palavra de Deus etc.) até que tem o novo nascimento.

Quantos foram aqueles que um dia chegaram à igreja (ventre) em busca de um milagre, até receberam algo de Deus com o uso da fé, mas não quiseram assumir um compromisso com Deus, não desenvolveram suas vidas com Ele, não se batizaram nas águas e acabaram por sair da igreja (ventre)? Foram, na verdade, “abortados.”

Agora temos aqueles que chegaram à igreja, aceitaram o Senhor Jesus, desenvolveram, nasceram de novo, mas depois de nascidos pararam de desenvolver e hoje são velhos na igreja, porém em um corpo de criança, isto é, estão na igreja, mas ainda não receberam o Espírito Santo.

Por quê?

Porque pararam de desenvolver.

E o pior, muitos pensam que é algo normal.

Temos muito o que dizer a respeito desse assunto; mas, por que vocês custam a entender as coisas, é difícil explicá-las. Depois de tanto tempo (na igreja), vocês já deviam ser mestres, mas ainda precisam de alguém que lhes ensine as primeiras lições dos ensinamentos de Deus. Em vez de alimento sólido, vocês ainda precisam de leite. E quem precisa de leite ainda é criança e não tem nenhuma experiência para saber o que está certo ou errado. Porém a comida dos adultos é sólida, pois eles pela prática sabem a diferença entre o que é bom e o que é mau. Hebreus 5.11-14 NTLH

Colaborou: Pastor Claudio Roberto Rosa


reportar erro