Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 3 de setembro de 2013 - 08:28


Por que não buscamos a justiça?

Justiça significa dar a quem de direito. Você tem recebido o que é justo? Tem alcançado todos os seus direitos? Sabemos a resposta. Mas vamos agora entender o porquê.

Todos querem justiça, mas nem todos a buscam. Há cinco principais razões por isso:
 

  1. Não há lei que lhe atenda. Apesar de haver muitas leis humanas, há injustiças que nenhuma lei atende. Qual a lei que pode fazer o marido largar a amante? Ou o filho deixar a droga?
  2. Não conhece seus direitos. A lei lhe dá o direito, mas a pessoa não a conhece.
  3. A justiça é cara. Pagar um bom advogado, tirar seu tempo para seguir todo o processo, esperar o julgamento… Tudo isso pode custar muito caro e não oferece garantias.
  4. Não crê na justiça. Você já foi assaltado ou sofreu algum tipo de dano ou crime e decidiu não reportá-lo à polícia? Provavelmente foi porque pensou que não iria dar em nada. Você não creu que a justiça seria feita.
  5. Acha que a justiça de Deus é automática. Quantas vezes as pessoas injustiçadas dizem ou pensam: “Está nas mãos de Deus”? Mas nem a justiça dos homens nem a de Deus vem sem alguém pleitear o seu caso. “Apresentai a vossa demanda, diz o Senhor.” Isaías 41.21

Essas são as razões porque muitos não recebem a justiça. E quando falamos da justiça dos homens, é até compreensível pois esta realmente é falha. Mas não buscar a justiça de Deus é no mínimo gostar de ser injustiçado.
Já Deus, odeia a injustiça. De tanto querer fazer justiça aos Seus, as Escrituras dizem que Ele cumpre o papel de nosso juiz, advogado, legislador e testemunha! Imagine pleitear sua causa num tribunal onde seu pai é o juiz, seu irmão mais velho o advogado e a testemunha principal a seu favor é seu melhor amigo…
Tamanha é a vontade de Deus de fazer justiça.
Será, então, que Deus não vai fazer justiça a favor do seu próprio povo, que grita por socorro dia e noite? Será que ele vai demorar para ajudá-lo? Eu afirmo a vocês que ele julgará a favor do seu povo e fará isso bem depressa. Mas, quando o Filho do Homem vier, será que vai encontrar fé na terra? (Jesus, em Lucas 18.7,8)
Graças a Deus que faz a justiça d’Ele disponível a todos os que usam a fé.


reportar erro