Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 8 de março de 2016 - 09:27


Intellimen 2.0 – Desafio #3

Homens. Inteligentes. © 2016

Desafio #3 Não fazer antes de completar o Desafio #2.

Este é o IntelliMen 2.0. Se você quer fazer parte do Projeto e ter os melhores resultados, comece a partir dos 53 Desafios.

Desafio: Lutar contra sua acomodação e sensação de bem-estar através de alguma forma de mudança para melhor.

Explicação: Em 2011 a empresa de telecomunicação Blackberry vendeu 20 bilhões de dólares em smartphones, tinha quase 4 bilhões em dinheiro no banco e 70 milhões de usuários no mundo. Em 2015, apenas quatro anos depois, as vendas caíram para 3 bilhões, um saldo bancário de 400 milhões de dólares negativos e 46 milhões de usuários. Visualize isso:

Blackberry 2011 2015
Vendas US$ 20 bilhões US$ 3 bilhões
Saldo no banco US$ 4 bilhões –US$ 400 milhões
Usuários 70 milhões 46 milhões

A empresa canadense foi pioneira no acesso a e-mails pelo celular, e por anos teve seu aparelho como artigo obrigatório entre membros de governos, executivos e advogados nos EUA, na Europa e em vários outros países. Hoje, ela luta pela sobrevivência e para se manter relevante.

Ainda no ramo da tecnologia, o mesmo aconteceu com a Nokia, que por anos foi líder no ramo de celulares e chegou a ser uma das empresas mais valiosas do mundo, avaliada em $120 bilhões de dólares. Até que foi engolida pela Apple e Google, e em 2014 vendida para a Microsoft por meros $7 bilhões. Hoje, os celulares Nokia estão extintos.

O mundo muda muito rápido, e não é só na tecnologia. É na moda, no mercado, na política, nas artes, no esporte, na cultura e em praticamente todas as áreas da sociedade. Só há uma área em que costuma demorar a mudar: na cabeça do homem.

O erro de empresas como a Blackberry e a Nokia foi deixar de aprender e de acompanhar as mudanças ao seu redor. Elas não só deixaram de ganhar dinheiro, mas perderam a luta pela sobrevivência e relevância. (Curiosamente, a empresa criadora do Blackberry chamava-se “Research in Motion”, que traduzido quer dizer “pesquisa em movimento”, mas decidiu abandonar o nome em 2013. Apropriado para uma empresa que deixou de pesquisar e de se manter em movimento.)

A necessidade de evolução para sobrevivência é algo tão lógico que Darwin conseguiu convencer milhões com sua teoria de que viemos dos chimpanzés. O argumento realmente é convincente: somente os mais fortes e mais aptos sobrevivem.

Muitos homens, porém, são a própria contradição da Teoria da Evolução. Se recusam a aprender, se adaptar e melhorar. Acham que estão bem como estão. Desprezam o aprendizado. Abraçam teorias antigas como se nada novo, ou melhor, jamais pudesse existir. Deixam de ser estudantes e se tornam irrelevantes.

Se você não mudar, é você quem deixará de existir.

Hoje você pode ser “o cara” — o mais requisitado, o mais conhecido, o mais respeitado, o mais “mais”. Mas se deixar a acomodação tomar conta, você entrará em extinção e amanhã será apenas história.

Você pode até não querer aprender coisas novas. Saiba, no entanto, que se seus pensamentos e sua mentalidade não acompanharem o tempo e as épocas, você ficará obsoleto e será substituído por alguém melhor. Injustiça? Ao contrário.

Talvez você diga, “eu não faço nada de errado”. Não precisa. Basta alguém fazer melhor que você para torná-lo dispensável. Se você muda e melhora por iniciativa própria, você garante a sua sobrevivência. Mas se você é forçado a mudar porque outros estão passando à sua frente, pode ser tarde demais.

Os que se recusam a aprender e melhorar se tornarão desnecessários. E aprenderão esta lição da forma mais difícil e custosa.

Por isso, neste desafio você vai lutar contra sua acomodação e sensação de bem-estar através de alguma forma de mudança para melhor, por exemplo:

  • Estudar alguém que é bom no que faz e procurar ser tão bom quanto ele ou melhor. Paulo disse: “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo.” (1 Cor. 11.1)
  • Identificar uma área importante de sua vida onde você está acomodado, parado no tempo, sem evolução; avançar e desenvolver nessa área
  • Reconhecer onde você já foi melhor e hoje está deixado para trás porque outros estão fazendo melhor que você. Ter atitude humilde, não de competição, para voltar a servir com excelência no que faz

Caderno de Notas: Quem você irá estudar, imitar, e superar? Em qual área você vai desacomodar e evoluir? Em que você já foi melhor e vai voltar a ser? Tire um tempo para refletir. Anote suas reflexões. Ore sobre isso. E decida o que vai fazer a respeito.

Parceiro Oficial: Conversem sobre este desafio, troquem suas experiências e conclusões.

Prazo: Este desafio pode ser iniciado imediatamente e concluído em até 28 dias, antes do Desafio #4.

Postar: Depois — e somente depois — de você ter concluído este desafio e conversado com seu parceiro, poste seus comentários — no Facebook do IntelliMen (não no seu pessoal) ou no Twitter, com este cabeçalho:

#intellimen2desafio3 concluído: Lutei contra minha acomodação e mudei/melhorei nesta área: (acrescente o que você fez, o que mudou).

Links:
www.facebook.com/IntelliMen
www.twitter.com/intellimen27 (quando postar no Twitter, use @IntelliMen27 na sua mensagem)

 

Checklist de verificação

Identifiquei e lutei contra minha acomodação
Fiz as anotações em meu Caderno de Notas
Conversei com meu Parceiro sobre este desafio
Postei meus comentários no Facebook/Twitter

 

Frases:

Nossa única segurança é a nossa capacidade de mudar. – John Lilly

 

Veja também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…


reportar erro