Rede aleluia
A mulher inteligente
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 15 de Junho de 2012 - 09:40


A mulher inteligente

A mulher inteligente

A mulher inteligente faz a sua família feliz, diz a Bíblia. Ou se você prefere a versão mais tradicional, a mulher sábia edifica a sua casa. É uma declaração e tanto. Que responsabilidade. Que poder.
Por que não o homem?
O homem pode entender bem de construir uma casa com tijolos e cimento. Ele lida bem com coisas—a madeira vai aqui, o encanamento tem que vir por este lado, o telhado tem que ser daquele material. Sabe organizá-las bem, usar a inteligência para criar coisas. Se sai muito bem nas ciências exatas. Fazer uma família feliz, porém, é longe de ser uma ciência, muito menos exata. E o homem, mesmo sábio, normalmente perde feio para a mulher sábia neste sentido.
Ela é a arquiteta dos relacionamentos familiares. O bebê ainda está na barriga e ela já está pensando com quem ele vai se casar, como a noiva será linda, e como os netinhos serão mais lindos ainda. Ela já tem tudo planejado na sua mente feminina. Enquanto isso, o marido só está pensando em como a barriga dela está grande. 
A mulher tem o poder de ser o centro das atenções em casa. Ela é o ponto central, o eixo da família. As decisões, escolhas, e todos os acontecimentos passam por ela—e quando não, inevitavelmente algo vai dar errado. Quando a Cristiane não está em casa, eu me sinto como um homem de uma perna só.
É o poder da mulher.
Por isso ela tem que ser sábia. Com tanto poder, se não usá-lo com inteligência, ela acaba destruindo o seu lar. Se ela fala demais, é insegura, ciumenta, egoísta, materialista, desrespeitadora, inconveniente, relaxada, controladora, briguenta, orgulhosa, desafiadora, temperamental… tic-tac, tic-tac, 4, 3, 2, 1… salve-se quem puder!
Mulher, poder não é nada sem controle e sem sabedoria. Então:
Reconheça o poder que tem
Busque a sabedoria
Seja uma boa influência em sua casa
Mais do que o seu marido, você tem o poder de fazer sua família feliz. É a Bíblia que diz, não eu.
 
P.S. Antes que alguém escreva dizendo, “É, mais o homem tem que fazer a parte dele também…” — deixe-me dizer: é claro que sim. Não estou isentando o homem do papel dele. O foco aqui é a habilidade que a mulher tem, superior a do homem, com respeito à felicidade de sua família.
 
 


reportar erro