Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Maio de 2019 - 13:33


“Eu era um policial depressivo”

Conheça a história de vida do Major Capelão Rony Negreiros

Rony Negreiros é Major Capelão da Polícia Militar do Estado do Maranhão. Hoje, cheio do Espírito Santo, ele se dedica em levar a Palavra de Deus a todos seus colegas de profissão e àqueles que desejam ter um encontro com Deus.

Mas, nem sempre foi assim, pois ao longo da sua vida, Rony conta que era depressivo, devido ao estresse do trabalho policial.

“Eu tinha o desejo de servir nas forças militares, consegui realizar meu desejo e, então, fui trabalhar na Tropa de Choque de São Paulo. Mas, devido aos problemas que a profissão trouxe, me tornei um perigo para a sociedade”, afirma.

Isso porque, além além da depressão, o Major ainda sofria com outros transtornos, como a ansiedade e o medo. “Eu dormia com a arma debaixo do travesseiro”, relembrou.

Um dia, porém, Rony recebeu um convite de uma colega para participar de uma reunião na Universal e, ele garante, desse dia em diante tudo mudou.

Assista ao vídeo abaixo e conheça a história completa do Major:

Conheça o trabalho do grupo UFP

Após a transformação de vida, Rony Negreiros, passou a dedicar seu tempo em pregar a Palavra de Deus. Ele hoje é responsável pelo grupo UFP (Universal nas Forças Policiais).

O grupo tem o propósito de dar apoio espiritual e social aos que estão sujeitos a um conjunto de adversidades.

Palestras preventivas sobre corrupção, ética, drogas, estrutura familiar, casamento e educação dos filhos são realizadas nos prédios administrativos, quartéis, batalhões, delegacias e presídios. Assim como cultos e atendimentos pastorais.

Conheça o grupo UFP, acessando a página oficial do Facebook. Clique aqui e saiba mais detalhes.


  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro