Profetas da Bíblia: Jonas

Por Daniel Cruz / Foto: Thinkstock

Jonas era de Gate-Hefer, uma cidade localizada no território da tribo de Zebulom. Ele foi profeta sobre o Reino do Norte (Israel) e viveu na mesma época em que os profetas Joel, Oséias e Amós.

Esse profeta já era conhecido de Israel, porque, por meio dele, Deus abençoou o reinado de Jeroboão (2 Reis 14.23-29). Mas, certa vez, o Senhor ordenou que ele alertasse à cidade de Nínive sobre os pecados que ela cometia. Nínive era a capital da Assíria, uma grande inimiga de Israel. O povo desse lugar era tão mal e perverso que Jonas, naquele mesmo momento, se rebelou contra Deus. O profeta queria que aquele povo fosse destruído e não perdoado.

Para tentar fugir dessa situação, Jonas embarcou em um navio e se lançou mar a fora em direção a uma outra cidade, chamada Társis (Jonas 1.1-3). Muitas pessoas, assim como Jonas, tentam fugir da presença de Deus e insistem em não fazer aquilo que Ele orienta. Tentam até mesmo ignorá-Lo, colocando em suas cabeças que Ele não existe. Isso é muito comum aos jovens, por exemplo, que ficam envolvidos em festas, drogas, entre outras atrações desse mundo errôneo e ignoram a Salvação Eterna, oferecida pelo Senhor Jesus. Pode até parecer que as consequências dos pecados não virão, mas, elas, com certeza, algum dia chegarão. E esse alerta serve até mesmo para aqueles que participam dos encontros na Igreja, mas não colocam em prática os ensinamentos de Deus. Jonas estava nessa mesma situação: ele conhecia a Palavra, mas não queria fazer o que Deus havia orientado.

Mudando a rota

O navio em que Jonas estava passou por uma forte tempestade, que só terminou quando o profeta foi jogado ao mar. Ali, ele foi engolido por um grande peixe (Jonas 1.17). Depois de três dias e três noites preso no ventre do animal, Jonas se arrependeu de ter se rebelado contra Deus. Então, o peixe o largou em uma praia e Jonas viajou até Nínive para censurá-la como o Senhor havia ordenado.

Jonas não concordava com a ideia de que o Altíssimo poderia conceder o perdão para um povo tão mau. Porém, o desejo do Senhor de livrar aquelas pessoas da morte eterna, mostra o amor do Criador por todos nós. Ainda nos dias de hoje, o Senhor Jesus, por meio de Sua misericórdia, continua a buscar e a aceitar os que estão perdidos em meio aos pecados e aos horrores deste mundo (Tito 2.11). E essa Salvação é oferecida para todos os que desejam, basta que se tenha um sincero arrependimento.

Com o alerta, dado pelo profeta, a cidade se arrependeu dos pecados que cometia contra Deus. As pessoas fizeram um jejum e se vestiram com panos de saco. Até o rei de Nínive ordenou que as pessoas abandonassem o mau comportamento. E, assim, eles foram poupados, naquele momento, da destruição.

Profetas da Bíblia

Cada profeta da Bíblia foi inspirado por Deus para trazer uma mensagem de edificação para a nossa vida. Por isso, aqui no Universal.org você encontra a série “Profetas da Bíblia” que reúne a história desses homens de fé.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente