Profetas da Bíblia: Amós

Por Daniel Cruz / Foto: Reprodução nna2711/Pinterest

Amós era um homem simples que cresceu nos campos de Tecoa, no Reino do Sul (Judá).

Se você conhece a história do profeta Oséias, sabe que na época desses dois profetas o povo hebreu estava dividido em dois reinos: o do Norte (Israel) e o do Sul (Judá). O Reino do Norte vivia um momento de muitas bênçãos. Tudo ia bem para o rei Jeroboão e sua corte. Porém, tanto o rei quanto o povo desprezavam a presença de Deus. Por causa disso, o Senhor enviou esses profetas para alertar o Reino do Norte sobre a sua ruína espiritual. Se o rei e o povo continuassem com aquela injustiça e imoralidade, o fim seria inevitável, como de fato acabou sendo: o Reino do Norte foi dominado, tempos mais tarde, pelos assírios – um povo cruel que vivia ao norte.

A escolha de Deus por usar Amós como um profeta é interessante, porque esse homem não tinha conexão com os profetas de seu tempo, ele era um simples morador rural (Amós 7.14). Em seu texto, Amós fala do governo, que não se importava com as condições financeiras dos pobres, enquanto os mais ricos viviam bem. Por causa disso, havia uma grande desigualdade social no Reino do Norte. Além disso, as pessoas, em sua maioria, estavam entregues ao pecado, como Amós escreve:

Suspirando pelo pó da terra, sobre a cabeça dos pobres, pervertem o caminho dos mansos; e um homem e seu pai entram à mesma moça, para profanarem o Meu santo nome. Amós 2.7

Nos tempos desse profeta, a ganância estava incontrolável, a imoralidade era algo comum, o Reino do Norte havia se desviado da orientação do Altíssimo. A situação desse povo é muito similar com a que vivemos nos dias de hoje, não é mesmo? Os meios de notícias mostram tragédias, violências e perversões todos os dias. A imoralidade chega a ser banalizada. Isso mostra que, mesmo com o passar dos tempos, a humanidade insiste em se distanciar dos caminhos do Criador e em agir conforme a própria vontade.

Entretanto, Deus é muito misericordioso e, por isso, sempre oferece uma chance de arrependimento para aqueles que desejam (veja a história do profeta Jonas). Ainda por meio desse profeta (Amós 9.11-13), Ele promete a vinda do Senhor Jesus e estabelecerá um novo céu e uma nova terra, como observou o apóstolo Tiago:

Simão relatou como primeiramente Deus visitou os gentios, para tomar deles um povo para o Seu nome. E com isto concordam as palavras dos profetas; como está escrito: Depois disto voltarei, e reedificarei o tabernáculo de Davi, que está caído, Levantá-lo-ei das suas ruínas, e tornarei a edificá-lo. Para que o restante dos homens busque ao Senhor, e todos os gentios, sobre os quais o Meu nome é invocado, diz o Senhor (...) Atos 15.14-18

Quando o Senhor Jesus Se sacrificou na cruz e concedeu a Salvação Eterna para os judeus e os gentios (não judeus), iniciou ali o Seu plano de reconstrução do Seu reino.

Profetas da Bíblia

Cada profeta da Bíblia foi inspirado por Deus para trazer uma mensagem de edificação para a nossa vida. Por isso, aqui no Universal.org você encontra a série “Profetas da Bíblia” que reúne a história desses homens de fé.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente