Rede aleluia
Você sabe qual é a diferença entre ter dinheiro e ser próspero?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 27 de setembro de 2020 - 00:05


Você sabe qual é a diferença entre ter dinheiro e ser próspero?

Conheça o segredo para ter a felicidade que o dinheiro não compra

Você sabe qual é a diferença entre ter dinheiro e ser próspero?

Muitas pessoas têm dinheiro e, mesmo assim, não são felizes. Embora sejam ricas e tenham bens materiais, elas não alcançam a verdadeira prosperidade. Elas gastam dinheiro com vícios, medicamentos e hospitais e tentam, com seus recursos, solucionar problemas que estão sempre voltando às suas vidas. Algumas até ostentam sua riqueza, mas não conseguem, de forma alguma, ser abençoadas.

A prosperidade é muito mais do que ter dinheiro, bens e riquezas. Ela abrange o sucesso em todas as áreas porque vem da direção de Deus ao se tomar decisões, como, por exemplo, em relação a estabelecer saúde física e espiritual, buscar felicidade no casamento e harmonia e paz de toda a família e no lar e resultados positivos na área financeira.

Além disso, é preciso entender que qualquer pessoa consegue ganhar dinheiro, posses e riquezas por meio do suor de seu trabalho, de seu esforço e de sua dedicação, mas só é possível mantê-los com a bênção de Deus.

Na Bíblia, encontramos homens que foram extremamente ricos e alcançaram a prosperidade dada por Deus, como o rei Salomão, que possuía sabedoria e riquezas. O Próprio Deus era sua fonte de prosperidade, como lemos na passagem em 2 Crônicas 1.12: “Sabedoria e conhecimento são dados a ti; e te darei riquezas, bens e honra, quais não teve nenhum rei antes de ti, e nem depois de ti haverá.”

José também foi um homem próspero, pois o Senhor era com ele: “O Senhor era com José, que veio a ser homem próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio. Vendo Potifar que o Senhor era com ele e que tudo o que ele fazia o Senhor prosperava em suas mãos.” (Gênesis 39.2-3). Abraão também prosperou: “Era Abrão muito rico em gado, em prata e em ouro.” (Gênesis 13.2).

Direito À prosperidade
Em um vídeo no canal oficial da Universal no YouTube, o Bispo Edir Macedo disse que as pessoas têm somado seus esforços para conquistar automóveis, casas, casamentos, entre outros benefícios que Deus tem prometido, mas que não buscam a verdadeira Aliança com Ele como fez Jó. Ele falou que até satanás reconheceu que as bênçãos de Jó vinham das mãos do Altíssimo depois de cercá-lo na Terra e que compreendeu que ele era considerado o homem mais rico naquelas redondezas. “No primeiro capítulo do livro de Jó, Deus pergunta a satanás: “de onde vens satanás? E ele respondeu: de rodear a terra e passear por ela.” (Jó 1.7). Ele não é onipresente, então ele tem que andar para administrar a desgraça que faz através dos seus demônios. “Então perguntou novamente o Senhor a satanás: Observaste meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal.

Então respondeu satanás ao Senhor: porventura Jó teme a Deus debalde? Por acaso não o cercaste com riquezas, ele e a sua casa, e a tudo quanto tem?” (Jó 1.8-10).

Tomando esse exemplo, o Bispo reforçou que tanto as bênçãos materiais como as espirituais vêm de Deus e que essa é a razão da existência, em todas as Igrejas Universal, de uma reunião voltada especialmente às pessoas que querem prosperar verdadeiramente. Ele explicou que o que fazem essas pessoas que buscam a prosperidade é descrito em Salmos 118.25: “Salva-nos, agora, te pedimos, ó Senhor; ó Senhor, te pedimos, prospera-nos.”

Qual a sua intenção?
Sabemos que todos os homens prósperos que a Bíblia mostra tinham uma vida com Deus e características em comum: eram tementes, retos, íntegros e fiéis. Nos dias de hoje não é diferente. As pessoas que contam seus testemunhos de prosperidade têm em comum a Aliança no Altar de Deus, por meio da fidelidade com Ele nos dízimos e nas ofertas.

Deus abençoa quando a pessoa tem o desejo de financiar a Obra de Deus, como afirmou o Bispo Macedo: “quando Deus abençoa uma pessoa, não é para que ela venha a curtir a bênção e guardá-la para si. Não! É para que essa criatura venha a ser usada para abençoar outras pessoas. Deus não abençoa a pessoa egoísta. A proposta de Deus envolve disseminar o evangelho, a bênção, a Palavra, e não reter.

Quando Ele cura, não é apenas para que a pessoa viva mais, mas para que sirva como testemunha para outros enfermos. Quando Ele a enriquece, não é para que ostente a riqueza, mas para que seja usada também em favor dos pobres e oprimidos, seja na evangelização, seja nas obras sociais”, analisou.

Então, amigo leitor, é importante entender que prosperar é um direito garantido por Deus, mas é preciso que seja feita uma Aliança com Ele e que exista em você a intenção de estender a mão para o necessitado. Afinal, quem pensa no próximo pensa como Deus.

Participe da Nação dos 318, todas as segundas-feiras, no Templo de Salomão, em São Paulo, ou na Universal mais próxima de você, e receba a verdadeira prosperidade. Encontre os endereços em universal.org.br/localizar.


Você sabe qual é a diferença entre ter dinheiro e ser próspero?
  • Kelly Lopes / Foto: Getty images 


reportar erro