Rede aleluia
Vírus raro causa sintomas parecidos aos do Ebola
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de novembro de 2020 - 14:07


Vírus raro causa sintomas parecidos aos do Ebola

Descoberta foi de pesquisadores norte-americanos. Saiba mais

Vírus raro causa sintomas parecidos aos do Ebola

O mundo ainda está lidando com a pandemia do novo coronavírus e cientistas dos Estados Unidos já detectaram a transmissão de um raro vírus entre humanos, na Bolívia.

É o vírus Chapare, que causa febres hemorrágicas, com sintomas parecidos aos do Ebola e da Dengue. De acordo com os pesquisadores, três pessoas já morreram: um paciente e dois médicos que tiveram contato com ele.

Os sintomas eram febre, dor abdominal, vômito, sangramento das gengivas, irritações na pele e dor atrás dos olhos. Acredita-se que o vírus seja transmitido aos humanos através de uma espécie de roedor típico da região.

Sinal do fim

Infelizmente, a tendência é que a situação em todo o mundo piore. Não por pessimismo ou desejo que tudo dê errado. Mas a Palavra de Deus tem trechos específicos que afirmam que, quanto mais próximos estivermos da volta do Senhor Jesus, mais difícil se tornará a vida na Terra.

“… haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores.”

Mateus 24:7,8

Além disso, quando Ele levar os salvos e o Anticristo se manifestar, tudo vai piorar durante a Grande Tribulação:

“… havendo aberto o quarto selo, ouvi a voz do quarto animal, que dizia: Vem, e vê… eis um cavalo amarelo, e o que estava assentado sobre ele tinha por nome Morte; e o inferno o seguia; e foi-lhes dado poder para matar a quarta parte da terra, com espada, e com fome, e com peste, e com as feras da terra.”

Apocalipse 6:7,8

“Este cavaleiro trará consigo as doenças que se proliferarão sem controle e afetarão milhões no mundo inteiro. A situação será tão grave que os animais da terra investirão contra as pessoas e as matarão. Alguns interpretam que ‘as feras da terra’ que se unirão a este cavaleiro serão homens cruéis, violentos e selvagens que atacarão pessoas indefesas por pura maldade e prazer, depois de arrancarem delas qualquer bem ou alimento para garantirem sua própria sobrevivência. A vida humana não terá mais nenhum valor”, explica o Bispo Renato Cardoso no livro A Terra Vai Pegar Fogo.

Livramento

Apesar de todo caos do presente e do que ainda está por vir, não é a vontade do Altíssimo que o ser humano padeça. A única forma de ser livre de tudo isso é buscando a Salvação e entregando toda sua vida ao Senhor Jesus.

“O inferno não foi feito para o ser humano, mas sim para o diabo, que tem arrastado consigo os que fazem a sua vontade. Por isso, Deus deixou este alerta nas Escrituras para que as pessoas se arrependam e não passem por este inferno, nem na Terra nem na eternidade”, conclui o Bispo Renato.

Participe do Estudo do Apocalipse todo domingo, às 18h, no Templo de Salomão. Você também pode ir à Universal mais próxima. Encontre o endereço aqui.


Vírus raro causa sintomas parecidos aos do Ebola
  • Rafaella Rizzo / Fotos: Getty Images 


reportar erro