Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 28 de setembro de 2018 - 00:05


Unidos contra o suicídio

Voluntários da FJU conscientizaram a população sobre o suicídio e suas causas. Veja como foi

O “Setembro Amarelo” é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015, em Brasília. A data de 10 de setembro foi eleita como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. E na Força Jovem Universal (FJU) o momento não podia deixar de ser lembrado.
No domingo (23), em todo o Brasil, voluntários do Projeto Help realizaram ações para a conscientização da prática e valorização da vida. Em 194 lugares diferentes, entre parques, orlas e semáforos, os 22.614 voluntários levaram cartazes e objetos simbolizando males silenciosos como depressão, complexos, traumas, automutilação e suicídio.
“As pessoas abordadas recebiam uma fita com o contato do projeto Help, para pedir ajuda aos voluntários que, em sua maioria, já passaram por esses problemas, superaram e hoje se colocam à disposição para ouvir e ajudar os que precisam. Cerca de 68 mil pessoas foram alcançadas na ação”, diz o informativo do projeto Mídia, que cobriu as ações.

Os voluntários também registraram momentos importantes, como quando um jovem paraense, envolvido no mundo do crime, estava em depressão. Ele chorou quando foi abordado pelo grupo e pediu ajuda.
No Paraná, um senhor que estava com a família disse que seu filho havia tentado o suicídio. Ele chorou, abraçou os voluntários e agradeceu a iniciativa. No Espírito Santo uma motociclista abordada no semáforo disse que iria cometer o suicídio e aceitou a ajuda do grupo. No Rio Grande do Sul, uma psicóloga pediu ajuda ao ver a ação, contando que só pensava em sumir.

Filhos Universal
O grupo que reúne filhos de pastores e bispos, o “Filhos Universal” (foto ao lado), também aderiu à causa e, em vários estados, levou uma palavra de vida, divulgando os centros de ajuda da Universal.
Veja abaixo a galeria de fotos das ações pelo país:
Para saber mais sobre o projeto, bem como ver outras ações do FJU, acesse as páginas oficiais do grupo no InstagramFacebook e Twitter. Você também pode ir à Universal mais próxima de sua casa. Encontre o endereço aqui.


  • Rafaella Rizzo / Fotos: Mídia FJU 


reportar erro