Rede aleluia

Notícias | 11 de agosto de 2019 - 00:05


Templo de Salomão comemora cinco anos de existência

Celebração contou com apresentação do Coral do Templo e uma mensagem especial do Bispo Edir Macedo

No dia 31 de julho, o Templo de Salomão, localizado no bairro do Brás, em São Paulo, comemorou seu quinto aniversário com a presença de milhares de pessoas.

A celebração contou com a apresentação do Coral do Templo, que logo na entrada as recepcionou com belas canções.

No início do encontro, o Bispo Edir Macedo participou por meio de videoconferência e lembrou a todos qual foi o objetivo da construção do local: “o Templo foi erguido com o propósito de levar o Espírito Santo às pessoas. Se você não O tem, mas crê, vai recebê-Lo agora”, disse o Bispo, que orou por todos em seguida.

Depois de um momento de busca, o Bispo Renato Cardoso explicou como chegar ao Altíssimo: “Deus não trabalha com imagens, com superstição ou com religião. Ele fala a partir da Sua Palavra, para que as pessoas cheguem a Ele por meio da fé inteligente. Só assim Ele poderá lhe preencher, fazer da sua vida a obra-prima dEle e ser glorificado”, ensinou.

Vida completa
A inauguração do local, em julho de 2014, é muito mais do que simplesmente um marco na trajetória da Universal. Foi o início de uma nova vida para milhares de pessoas que ali conheceram o Deus Vivo.

Foi o caso do contador João Roberto Mancini, de 42 anos. Ele só ficou livre da depressão quando decidiu vencer o preconceito que nutria contra a Igreja. “Minha opinião sobre a Universal era baseada em fake news (notícias falsas) que ouvia, como de que o Bispo Macedo era ladrão. Eu dizia que nunca pisaria aqui. Mas eu já estava no fundo do poço e tomava dez antidepressivos por dia. Quando fui convidado para uma reunião, usei a inteligência e entendi que eu não tinha nada a perder. Foi a última porta em que bati.”

Depois de conviver com a depressão por 14 anos, dois anos de internação em uma clínica psiquiátrica e diversas tentativas de suicídio, Mancini finalmente ficou livre do mal que o escravizou por tanto tempo.

No Templo, ele também alcançou a transformação na área amorosa e ali conheceu Taize da Silva, (foto abaixo) de 33 anos. Antes de conhecer a Deus, ela estava ferida internamente por ter vivido um relacionamento abusivo. “Tinha a vida repleta de ressentimentos e mágoas, pois fui muito maltratada, mas, na Terapia do Amor, curei meu coração e depois tive meu encontro com Deus”, relatou.

Eles namoraram e se casaram na Celebração dos Casamentos, que aconteceu no Templo de Salomão. E salientaram que foi ali que se converteram, foram curados, conheceram a Deus e foram abençoados em todas as áreas de suas vidas.


  • Rafaela Dias e Rafaella Rizzo / Fotos: Demetrio Koch 


reportar erro