Rede aleluia
Setembro Amarelo: Campanha ‘Vida Sobre Trilhos’ desembarca na Estação Capão Redondo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de setembro de 2020 - 09:49


Setembro Amarelo: Campanha ‘Vida Sobre Trilhos’ desembarca na Estação Capão Redondo

No Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, ajuda chega a usuários do Metrô de São Paulo. Programa social já ajudou quase 27 mil pessoas que pensavam em se matar

Setembro Amarelo: Campanha ‘Vida Sobre Trilhos’ desembarca na Estação Capão Redondo

No Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10/9), o programa social Help FJU levará o projeto “Vida Sobre Trilhos” até a Estação Capão Redondo, da Linha 5–Lilás do Metrô de São Paulo.

Um estudo científico publicado pela revista “The Lancet Psychiatry” estimou que a crise causada pela pandemia da COVID-19, provocará um aumento de 20 a 30% no número de suicídios em todo o mundo, podendo chegar a mais de um milhão de pessoas que tirarão a própria vida em 2020.

O projeto “Vida Sobre Trilhos” consiste da oferta de um canal de diálogo para pessoas que estejam pensando em se suicidar, mostrando a elas que este não é o caminho. Durante a ação, voluntários do programa social permanecem um período em uma estação de metrô ou trem, com banners e mesas de atendimento, para conversar e oferecer apoio emocional aos passageiros que transitam pelo local.

Cadu Souza, responsável nacional pelo projeto Help FJU, explica que,”com a chegada da pandemia e com o isolamento social, tornou-se ainda mais necessário combater e conscientizar as pessoas com relação às questões de saúde mental, principalmente a depressão. Com o trabalho do Help FJU, temos conseguido alcançar estas pessoas, e também mostrar a elas um caminho de superação”.

“Encontro gente que sofre do mal que vivi durante alguns anos da minha vida, e venci, graças ao trabalho desenvolvido por este projeto. Hoje, ser capaz de olhar nos olhos de uma pessoa depressiva, que acha que não tem mais jeito. e dizer ‘eu venci, você também pode vencer’, é algo muito forte”, relata o voluntário João Amaro da Silva Filho, auxiliar de Logística de 35 anos de idade.

O Help FJU já ajudou 26,6 mil pessoas que estavam pensando em cometer o suicídio, em todo o Brasil.

Setembro Amarelo

O Dia Mundial de Prevenção do Suicídio é um dia internacional de conscientização, estipulado como 10 de setembro pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em colaboração com outros organismos internacionais.

No Brasil, a campanha foi extrapolada, definindo o “Setembro Amarelo” como o mês de promoção de eventos que abrem espaço para debates sobre o suicídio e para a divulgação do tema.

Agenda: Projeto “Vida Sobre Trilhos”, no Dia Mundial de Prevenção do Suicídio
Data: 10/9
Horário: Das 14h às 16h
Local: Estação Capão Redondo, da Linha 5–Lilás do Metrô de São Paulo


Setembro Amarelo: Campanha ‘Vida Sobre Trilhos’ desembarca na Estação Capão Redondo
  • Unicom / Foto: Divulgação 


reportar erro