Rede aleluia
Ser companheiro pode melhorar seu casamento
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 18 de Julho de 2021 - 00:05


Ser companheiro pode melhorar seu casamento

Veja por que essa reivindicação da maioria das mulheres tem fundamento

Ser companheiro pode melhorar seu casamento

Existe uma grande diferença entre o que muitos homens acreditam que seja ser casado e o que é na prática. Se fizermos uma pesquisa rápida sobre o que cada homem quer para sua família, por exemplo, com certeza a maioria deles dirá que não quer que falte nada à sua esposa e aos seus filhos e que fará tudo para mantê-los longe das dificuldades. Ao menos esse é o pensamento do homem que busca agir da forma correta.

Há uma boa parcela deles que é trabalhador, que assume o papel daquele que provê sua casa com o suor de seu labor e também procura dividir as tarefas de casa, pois sabe que fica mais fácil suportar a rotina da família quando elas são divididas. Ainda assim, muitos ouvirão de suas esposas que nem sempre suas ações são suficientes para agradá-las.

Muitas esposas até podem elencar as qualidades deles: “ele é honesto, não fuma, não bebe, tem compromisso com a família, procura pagar suas contas em dia, mas…” e quando entra o “mas” na jogada é que a coisa muda de figura, pois é nas reticências que as mulheres costumam apontar um dos erros mais comuns de todos os homens: a falta de companheirismo.

Essa colocação é pontual e muitos homens não entendem como ela é importante – afinal, na cabeça deles, eles já fazem tudo que poderiam para que o casal seja feliz, mas não é bem assim. Há homens que pensam em mudar isso, mas, no fundo, não reservam um tempo para refletir o que devem fazer e, principalmente, como proceder para mudar essa conduta que tanto incomoda às esposas.

O primeiro passo é simples: converse com sua esposa. Não deixe que a relação de vocês se torne um eterno monólogo dela ou um diálogo em que você só responde a cada pergunta com um “aham” para se mostrar minimamente interessado. Assim, sua relação não vai dar certo. Será preciso um esforço maior e real em que você se comprometa a partilhar com ela, afinal, o relacionamento é uma troca e talvez você não esteja contribuindo para essa troca como deveria.

As mulheres querem sentir que podem contar com o homem em todos os momentos da vida e em tudo que for necessário. Quando ele se dispõe a estar presente realmente, isso faz toda a diferença. Ações simples como ligar para perguntar se ela quer que ele traga algo do supermercado ou para saber se ela está bem são eficazes. É bom deixar claro que ações como essas não devem ser baseadas no ciúme infundado. Aqui a motivação é outra: ela se baseia no amor e na confiança.

Aqueles que ligam a toda hora para saber se sua esposa precisa de algo ou que muitas vezes nem tem o que dizer, na verdade, podem ter um problema sério de insegurança e precisam mudar sua atitude para que de fato se tornem verdadeiros companheiros.

Lembre-se que o companheirismo é fundamental em qualquer relacionamento. Quando você é companheiro e carinhoso sua esposa se sente bem, querida, amada e também especial. Você não precisa levar flores todos os dias para ela, mas, com certeza, mudar a forma como a trata já fará uma grande diferença. Não esqueça que essa relação precisa ser sacramentada por Deus para que o Espírito Santo seja a base dela e abençoe essa união.


Ser companheiro pode melhorar seu casamento
  • Eduardo Prestes / Arte: Eder Santos 


reportar erro