Rede aleluia
Semana da queda das muralhas: participe entre os dias 5 e 12 de setembro
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 31 de Agosto de 2021 - 14:04


Semana da queda das muralhas: participe entre os dias 5 e 12 de setembro

A Bíblia conta que o povo hebreu teve de enfrentar as muralhas de Jericó. Saiba mais

Semana da queda das muralhas: participe entre os dias 5 e 12 de setembro

A Bíblia conta que o povo de Deus teve de tomar a Terra Prometida à força. Os hebreus tiveram de conquistar local a local. Eram sete nações e havia mais de 30 cidades naquela região.

E logo que chegaram encontraram Jericó, que possuía uma fortificação gigantesca e era invencível aos olhos humanos. Mas Deus estava com os hebreus e lhes deu orientações sobre o que fazer.

“Pela fé caíram os muros de Jericó, sendo rodeados durante sete dias.” Hebreus 11:30

Semana da queda das muralhas

É por isso que no Templo de Salomão e em toda a Universal (consulte o endereço aqui), de 5 a 12 de setembro, ocorrerá a “Semana da queda das muralhas”.

“Há muralhas que só vão cair pela fé. Como o caso de Jericó. Não adianta a pessoa tentar de outra forma, é a fé que vai fazer aquilo vir abaixo, aquele obstáculo, aquele problema, a doença, a dívida, a situação no casamento, a situação espiritual, a depressão, seja qual for o nome da sua muralha”, explicou o Bispo Renato Cardoso, durante recente programação do Inteligência e fé.

Agindo a fé

Durante 7 dias, os hebreus rodearam a muralha de Jericó. Em outras palavras, a fé teve de ser ativada para que aquele problema fosse vencido. Eles tiveram que obedecer aquela ordem de Deus.

“Muitas pessoas querem que as coisas aconteçam sem trabalho, sem esforço. Mas a fé não funciona sem obras, sem atitude”, acrescentou o Bispo.

Festa das Primícias

Assim, neste domingo, 5 de setembro, teve início esta caminhada em que todos puderam honrar a Deus, na Festa das Primícias. Pois, Jericó era a primeira cidade e Deus solicitou que aquelas primícias fossem apresentadas para Ele.

Por isso, todos que desejaram, receberam a ilustração de uma muralha em papel, onde deverão escrever qual é a situação que está enfrentando. Se você quer um milagre em sua vida, então, você deve fazer algo diferente. Participe com todas as suas forças.

Serão 7 dias nesta fé, e no dia 12 de setembro (próximo domingo) será o dia da queda de todas as muralhas. Nós vamos levantar um clamor e tocar as trombetas para o fim dessa situação.

Portanto, não perca esta oportunidade!

Confira o vídeo abaixo e saiba mais:


Semana da queda das muralhas: participe entre os dias 5 e 12 de setembro
  • Da Redação / Foto: Divulgação 


reportar erro