Rede aleluia
Quem são as pessoas que conquistarão o Reino de Deus?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 3 de Agosto de 2022 - 22:57


Quem são as pessoas que conquistarão o Reino de Deus?

Durante a reunião da “Noite da Alma”, no Solo Sagrado, o Bispo Edir Macedo respondeu à pergunta. Saiba mais

Quem são as pessoas que conquistarão o Reino de Deus?

Na noite desta quarta-feira (3), no Altar do Solo Sagrado, em Brasília, o Bispo Edir Macedo explicou sobre a salvação da alma e quem serão as pessoas que conquistarão o Reino de Deus, ressaltando o que fazer para se tornar um eleito de Deus.

Por que é importante:

Diante da fragilidade da vida e de acontecimentos aos quais todos estão sujeitos, sejam eles quais forem, é preciso lembrar, a todo instante, da importância da Salvação da alma, da Vida Eterna com Deus.

Leia Mateus 7: 21-23

“O Senhor Jesus fala de duas classes de pessoas: aquelas que conquistarão o Reino de Deus, ou seja, que O obedecem, que fazem Suas vontades e têm o Espírito Santo; depois, Ele aponta outra classe de pessoas, [a saber]: as que não entrarão no Reino dos céus, ou seja, aquelas que fazem a Obra dEle, mas que vivem na iniquidade”, disse.

Ninguém entra no Reino dos céus por mérito, por boas obras ou por ser religioso, mas, sim, quando se faz a vontade de Deus.

O exemplo vem do próprio Senhor Jesus, quando estava no Getsêmani: Ele pediu para que o Pai (Deus) afastasse dEle o cálice, mas que não fosse feita a Sua vontade e, sim, a de Deus.

“Na hora mais difícil da sua vida, na hora da depressão, Jesus ficou sem o Espírito Santo para poder carregar no seu corpo o pecado da humanidade do passado, do presente e do futuro. Para isso, o Espírito Santo saiu e O deixou só. A cruz era símbolo de maldição, e Ele tomou a maldição de toda a humanidade, além das doenças e enfermidades. Ele fez a vontade do Pai”, discursou.

O que observar:

Durante o encontro, o Bispo se dirigiu aos que servem a Deus como obreiros, Pastores, Bispos e todos aqueles O servem levando a Sua Palavra.

“Não pense que todo trabalho espiritual que você exerce na igreja lhe dará condições de entrar no Reino dos céus; se você se inclinar – o mínimo possível – para o pecado, você perdeu a sua Salvação! Você só entrará nos céus se fizer a vontade do Pai”, pontuou.

Leia Galátas 5:16-23

Quando você está sob a direção do Espírito Santo, você não está sujeito à lei religiosa, mas sob a lei do amor, a do Espírito Santo. Quando Jesus veio, toda a lei foi cumprida nEle; se você obedece a Jesus, você está sujeito à lei do Espírito Santo!”, enfatizou.

O que vem a seguir:

Após a Palavra de fé, os Bispos e Pastores realizaram o Clamor da Concordância, direto do Monte Carmelo.

Confira a mensagem completa e o momento especial do Clamor da Concordância:


Quem são as pessoas que conquistarão o Reino de Deus?
  • Sabrina Marques / Foto: iStock e Reprodução 


reportar erro