Rede aleluia
Projeto mostra que o início do ano também pode ser o começo de uma nova história
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 3 de fevereiro de 2020 - 13:13


Projeto mostra que o início do ano também pode ser o começo de uma nova história

Mais de 70 pessoas foram alcançadas com ação do projeto Help em Votuporanga. Saiba como foi

Projeto mostra que o início do ano também pode ser o começo de uma nova história

Recentemente, 10 voluntários do grupo Força Jovem Universal (FJU) realizaram, por meio do projeto Help, mais uma importante mobilização na praça central de Votuporanga, região noroeste do estado de São Paulo.

O evento durou cerca de duas horas e teve como objetivo alcançar pessoas das suas mais variadas necessidades espirituais, principalmente jovens que sofrem com depressão, automutilação e desejo de suicídio. Além disso, mostrar também a cada um que o início do novo ano também pode ser o começo de uma nova história para suas vidas.

Na oportunidade, as pessoas foram convidadas, por meio de placas, a selecionar uma palavra capaz de descrever naquele momento o que ela desejava para este ano.

Mais de 70 pessoas foram alcançadas. De acordo com o coordenador geral da Força Jovem São José do Rio Preto e outras 15 regiões (incluindo Votuporanga), Jair Nobre, durante a ação os voluntários mostraram às pessoas que é possível deixar para trás um passado negativo, por meio de uma reflexão sobre sua vida, abandonando – de verdade – o que passou.

Ajuda necessária

Atualmente o projeto Help conta com o auxílio de 40 voluntários. Flávia Bonfim Borges, de 20 anos faz parte desse grupo e se sente muito feliz.

“Fazer parte deste grupo me ajudou a compreender o quanto uma palavra pode mudar o rumo de uma vida. Eu aprendi que a dor dos outros não é frescura e que quando nos colocamos no lugar do próximo fica mais fácil ajudar sem criticar”, relatou ela.

A Força Jovem Universal trabalha incansavelmente para alcançar os jovens em suas mais diversas necessidades, sejam eles vítimas da depressão, automutilação ou desejo de suicídio. Para saber mais sobre as ações, clique aqui ou envie uma mensagem para o WhatsApp (11) 4200-0034.


Projeto mostra que o início do ano também pode ser o começo de uma nova história
  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas pelo grupo FJU Votuporanga 


reportar erro