Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de outubro de 2019 - 13:08


Professores, estejam presentes!

Consagração e Valorização dos Professores acontece neste domingo (13)

O programa Inteligência e Fé da última quarta-feira (9) exibiu uma mensagem do Bispo Edir Macedo sobre a importância de valorizar os professores. No vídeo, o Bispo ressalta o sofrimento pelo qual muitos profissionais da educação passam por terem de trabalhar em “uma sociedade corrupta, onde as crianças não respeitam os adultos, muito menos os professores”.

De fato, os professores sofrem com o desrespeito e a violência por parte dos alunos constantemente. No Brasil, a média é de dois professores agredidos por dia letivo. E as agressões acontecem tanto por parte dos alunos quanto por parte dos pais.

Em Carapicuíba, por exemplo, a professora Vanessa Rosa foi agredida pela mãe de um aluno ao tentar proteger outra criança. Assista ao seu depoimento na reportagem abaixo, que também foi exibida pelo programa Inteligência e Fé:

Doença devastadora e invisível

Como ressalta o Bispo Renato Cardoso, há muito a ser feito pelos professores e pela Educação no Brasil. E a Universal tem feito sua parte ao demonstrar a realidade dos profissionais de ensino e conscientizar as pessoas sobre a importância de respeitar aqueles que amam ensinar.

Até porque, embora muitas vezes não sejam visíveis, os professores sofrem com inúmeros problemas. Simone Bonilha, por exemplo, amava lecionar, mas mesmo praticando a profissão sofria com a depressão.

“A minha vida era uma vida de tristeza, de depressão profunda, de vazio”, conta ela. Mas as pessoas em volta, amigos, colegas de profissão, não tinham noção do que eu passava no meu interior. Eu era uma pessoa amarga, uma pessoa muito infeliz. Eu era tão infeliz que, se eu via uma pessoa feliz, dentro de mim eu ficava com raiva”.

Essa doença foi se agravando por cinco anos antes de Simone receber um diagnóstico médico. Após avaliações, ela foi diagnosticada com depressão, ansiedade patológica, síndrome do pânico e esquizofrenia. Para tentar curar as doenças, tomou remédios, fez terapia com psicólogos e psiquiatras. Nada adiantou.

O ponto mais baixo de sua vida foi ser afastada da sala de aula em decorrência de todos esses problemas de saúde.

“Eu me senti muito frustrada naquele momento. Aí veio à tona todos os problemas que eu tinha. Eu tinha muitos problemas na vida sentimental por ter passado por um divórcio e juntou ali à vida profissional. Eram duas áreas onde eu sofria muito”, revela.

A situação só mudou quando ela encontrou a ajuda que precisava. Assista ao vídeo abaixo e saiba como isso aconteceu:

Reconhecendo que milhares de profissionais da Educação brasileiros sofrem com problemas como os de Vanessa Rosa e Simone Bonilha, a Universal realizará, no próximo domingo, a Consagração e Valorização dos Professores acontecerá no próximo domingo (13), a partir das 9h30. Clique aqui para saber qual o endereço mais próximo de você.


  • Andre Batista / Foto: Getty Images 


reportar erro