Rede aleluia
Por que muitos homens fogem diante dos problemas?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de agosto de 2020 - 16:58


Por que muitos homens fogem diante dos problemas?

Em reunião realizada no domingo último (9), no Templo de Salomão, Bispo Renato Cardoso falou sobre o assunto. Confira o vídeo com a mensagem na íntegra

Por que muitos homens fogem diante dos problemas?

Em reunião realizada no Templo de Salomão, no domingo último (9) – data em que se comemorou também o Dia dos Pais -, o Bispo Renato Cardoso falou especialmente com os homens. Durante a mensagem, ele dissertou sobre a falta de responsabilidade daqueles que fogem diante dos seus problemas. Homens que não enfrentam as situações e as adversidades e acabam, com isso, até mesmo, destruindo os seus relacionamentos familiares.

Ele explicou que o termo “vagabundo”, por exemplo, na Bíblia não é usado de forma pejorativa como conhecemos hoje, que se refere a uma pessoa que não trabalha. “Mas, no caso de Caim, a palavra vagabundo vem do vagar, uma pessoa que vagueia (…) no sentido original da palavra não é a pessoa que fica sem fazer nada. É a pessoa que não tem direção, não tem um norte para a sua vida”, comentou o Bispo, se referindo à maldição de Caim.

“Fugitivo e vagabundo serás na terra”. Gênesis 4: 12

Ainda segundo o Bispo Renato, hoje, muitos homens agem como se fossem descendentes espirituais de Caim. Vivem como vagabundos, fugitivos, sem direção, ou seja, escapando de seus compromissos e se omitindo de suas responsabilidades.

“Eu tinha metade dessa maldição (…) no que diz respeito ao meu casamento, eu fugia do problema, nem reconhecia que havia um. E toda vez que ela (Cristiane) trazia um problema para mim, eu dava de ombros. Arrumava um jeito de jogar o problema de volta para ela e dizer que tinha alguma coisa mais importante para fazer e deixava para lá”, disse.

O homem enfrenta

Muitos homens não assumem o seu papel de marido e nem as responsabilidades dentro do casamento. Por exemplo, não mostram atitude e não tomam iniciativa nos projetos da casa ou diante dos problemas. Nesse momento, a mulher assume e corre atrás de tudo para resolver.

A exemplo de Alexandre e Caroline (assista ao testemunho na íntegra abaixo) que estavam à beira do divórcio. Vendo a família se destruir, diante de tantas brigas conjugais, ele já havia feito as malas para sair de casa. Mas, ela decidiu buscar ajuda e lutou para transformar as suas vidas. Enquanto, a esposa reconheceu o problema e tomou uma decisão, por outro lado, o marido, em vez de prover uma direção para o relacionamento, fugiu da responsabilidade de zelar pelo seu próprio casamento.

“Quando a pessoa perde por não ter a humildade de buscar ajuda, perde não porque ela é fraca, ou o problema é mais forte, mas porque ela é orgulhosa. Não reconheceu que precisava de ajuda e não teve iniciativa. Quantos estão vivendo nessa fuga? (…) O homem não foge de nada, ele enfrenta, em vez de se esconder”, pontuou o Bispo.

Abaixo, assista ao vídeo com a mensagem na íntegra:

Jejum de Daniel

Você gostou dessa mensagem e quer ler mais sobre como transformar a sua vida? Participe do Jejum de Daniel. Essa é uma oportunidade única para quem deseja se aproximar do Altíssimo, ser selado com o Seu Espírito e/ou ser renovado por Ele.

Durante o propósito, aqueles que desejam ter uma experiência com Deus, abdicam de entretenimento e informações seculares para se dedicarem a conteúdos que fortalecem a fé. Assim, podem buscar a presença do Altíssimo e se envolver com a mensagem dEle. Saiba mais.

Ademais, a plataforma de streaming Univer Vídeo selecionou conteúdos especiais para o período do Jejum de Daniel. São dicas de filmes, séries e palestras a fim de proporcionar grandes lições de fé. Clique aqui e veja mais.


Por que muitos homens fogem diante dos problemas?
  • Redação / Foto: Getty Images 

  • Colaborador: 

  • Michele Roza


reportar erro