Rede aleluia
21 dias para se aproximar do Espírito Santo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 2 de agosto de 2020 - 00:05


21 dias para se aproximar do Espírito Santo

Participe deste propósito de Fé e fortaleça a sua comunhão com Deus

21 dias para se aproximar do Espírito Santo

Neste domingo, 2 de agosto, começou o Jejum de Daniel. Todos que desejam podem participar deste grande propósito espiritual até o dia 22.

Essa campanha de Fé é realizada todos os anos na Universal com o principal objetivo de obter e manter o que é mais valioso para um cristão: a Salvação. É, ainda, o melhor momento para que as pessoas que não foram batizadas pelo Espírito Santo conquistem esta grande promessa e também para que os que já O têm se fortaleçam e renovem a sua comunhão com Ele.

O propósito é baseado no livro bíblico de Daniel, capítulo 10. Nele, está descrito que o profeta Daniel fez um jejum por três semanas para depender apenas de Deus. A passagem diz: “Naqueles dias, eu, Daniel, pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho encontraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que passaram as três semanas inteiras.” (Daniel 10.2-3).

Daniel tinha tomado aquela decisão para não se contaminar com as iguarias do rei e, assim, obter a renovação espiritual vinda de Deus.

Atualmente, por causa da rotina diária, é comum também as pessoas se contaminarem com as informações que consomem. Por isso, nos dias atuais, o Jejum de Daniel consiste na abstinência de tudo o que atrapalha a comunhão com Deus. Trata-se de um “detox espiritual”.

Em razão disso, aqueles que realmente querem se renovar com Deus têm, então, a oportunidade de se abster dessas informações (notícias seculares, distrações e outras formas de entretenimento) durante 21 dias para voltarem o coração, a mente, o espírito e as atitudes apenas para o Altíssimo. Isso pode ser feito por meio da meditação na Palavra de Deus, das orações, dos jejuns de alimentos e do envolvimento com a Obra dEle.

Alimento da alma
Diante da situação que o mundo enfrenta atualmente, há muitos motivos para tristeza e desespero. Por isso, é muito importante alimentar a alma neste período com as palavras doces e de esperança vindas de Deus, como disse o Bispo Edir Macedo, em seu programa Palavra Amiga, transmitido pela Rádio Rede Aleluia e pelas redes sociais. Ele se baseou no versículo que diz: “As palavras suaves são favos de mel, doces para a alma e saúde para os ossos.” (Provérbios 16.24).

O Bispo acrescentou ainda que “o que alimenta a nossa alma são as palavras de Deus e não as do mundo. Então, amigo, use sua capacidade de raciocínio e, em vez de focar sua alma e sua mente nas notícias sobre mortes e desespero que a humanidade está passando, procure ler o que é bom, aquilo que vai adoçar a sua alma”.

Quem dá recebe
É o momento para receber mais de Deus. Mas, para isso, é preciso também se dar mais para Ele. Jesus se referiu a isso no Evangelho de Mateus 7.2: “com a medida com que tiverdes medido vos tornarão a medir.”

Por isso, além de se abster das informações seculares e de toda forma de entretenimento, é possível também fazer mais pelo Espírito Santo, realizando algo que vai agradá-Lo, como evangelizar os aflitos, perdoar alguém que lhe ofendeu, ajudar um necessitado, fazer doações e ler mais conteúdos relacionados à Fé, por exemplo.

Nova vida
Muitas pessoas que participaram de outras edições do Jejum de Daniel receberam o Espírito Santo, como Thyago Avelino, (foto abaixo) de 22 anos. A história dele foi marcada por vários problemas, mas, quando ele foi batizado pelo Espírito de Deus, tudo se transformou.

21 dias para se aproximar do Espírito Santo

Ele conta que desde pequeno sofria com problemas espirituais. “Aos 5 anos, comecei a ver vultos, ouvia vozes e tinha um amigo imaginário. Aos 8 anos, já tinha depressão e me automutilava. Tentei o suicídio algumas vezes”, lembra.

Thyago cresceu revoltado, mas, quando ouviu falar do Jejum de Daniel, surgiu o desejo de participar. Ele já frequentava a Universal e, então, viu neste propósito a chance para a mudança: “era a oportunidade que o Espírito Santo estava me dando para que eu me tornasse uma nova pessoa. Percebi que se eu realmente fizesse o que o Bispo Macedo estava falando, aquilo iria se cumprir na minha vida”, salienta.

Ele se dedicou inteiramente a buscar o Espírito Santo. “Na última semana da campanha, eu estava em oração buscando-O com toda minha força, sem ansiedade, e o Espírito Santo foi derramado sobre meu ser. Ali fui tomado por uma paz e pela certeza de que Deus estava comigo”, recorda.

Naquele dia, Thyago se tornou um novo jovem. “Tudo mudou dentro de mim. Tenho paz, alegria e o desejo de viver levando para as pessoas a alegria que Ele me deu. E, apesar de já ter o Espírito Santo, sempre participo do Jejum de Daniel, pois é a oportunidade de estar mais próximo de Deus”, conclui.


21 dias para se aproximar do Espírito Santo
  • Camila Teodoro / Fotos: Getty images e Demetrio Koch 


reportar erro