Rede aleluia

Notícias | 6 de agosto de 2019 - 19:24


População recebe doação de alimento enquanto espera ser atendida em filas de hospitais

Pacientes têm aguardado até 6 horas por atendimento em UPA’s de todo país.

Uma iniciativa do Grupo da Saúde, programa social mantido pela Igreja Universal do Reino de Deus, tem distribuído alimentos para quem passa horas em filas de hospitais aguardando atendimento. Os voluntários procuram beneficiar principalmente quem não tem condições de custear a alimentação fora de casa. Só neste ano, 208 mil pessoas foram beneficiadas pelo programa social no país.

Por todo Brasil, a imprensa denuncia reclamações de pacientes, que estão demorando até 6 horas para serem atendidos em Unidades de Pronto Atendimento (UPA). A falta de médicos é a principal justificativa para a queixa.

Atualmente são mais de 20 mil voluntários empenhados no projeto. Alimentos como pão, bolo, sanduíche, café, suco e leite são servidos em Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e hospitais.

Eduardo Ribeiro, responsável pelo programa social, afirma que é muito comum encontrar pessoas na fila dos hospitais sem comer o dia todo. “Procuramos beneficiar sempre os mais necessitados, pois sabemos que para muitos, será o único alimento do dia”, disse.

De acordo com a nutricionista, Josefa Fonseca, quando ficamos em jejum por muito tempo acabamos submetendo o nosso organismo a um grande e desnecessário estresse.

Alguns sintomas comuns incluem fortes dores de cabeça, tontura, insônia e muito, muito mau humor. Contudo, se além dos alimentos o corpo também for privado de água, a situação fica ainda pior, pois a desidratação pode provocar quedas de pressão, convulsões, danos cerebrais e até paradas cardíacas.


  • Unicom 


reportar erro