Rede aleluia
Os perigos da busca por um padrão de beleza e corpo perfeito
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 4 de Agosto de 2021 - 16:14


Os perigos da busca por um padrão de beleza e corpo perfeito

Na Noruega, influenciadores digitais terão que comunicar quais retoques foram feitos nas fotos ao postá-las nas redes sociais

Os perigos da busca por um padrão de beleza e corpo perfeito

A preocupação em seguir um padrão de beleza, na busca pelo corpo perfeito e na adequação à moda vigente, tem se intensificado de uma maneira alarmante. Principalmente, por causa do uso indiscriminado das redes sociais. E, também, da influência que isso gera no comportamento e na saúde mental de muitas pessoas ao redor do mundo.

Recentemente, a Noruega, país europeu considerada a nação mais desenvolvida do mundo — de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da Organização das Nações Unidas (ONU) — , oficializou uma lei que obriga influenciadores digitais a comunicar quais retoques foram feitos nas fotos ao postá-las nas redes sociais. Caso contrário, sofrem pena de multa.

Segundo o parlamento da Noruega, a decisão visa diminuir a pressão estética que acomete os jovens. A saber, atualmente, os influenciadores digitais contam com inúmeros artifícios. Por exemplo, programas de edição de imagem ou filtros próprios das redes sociais, que permitem abusar desses retoques mostrando imagens padronizadas de beleza.

Influência que pode levar à depressão

Esta influência, que as postagens nas redes sociais exercem na relação de um indivíduo com sua autoimagem, pode modificar a lógica do reconhecimento pessoal. Bem como provocar uma visão distorcida e mais exigente da própria imagem. Com grandes impactos emocionais e psicológicos, causando sofrimento e levando até mesmo à depressão.

Um recente estudo mostrou que adolescentes insatisfeitos com a própria aparência têm quase três vezes mais chances de sofrerem com depressão na vida adulta. De acordo com os pesquisadores da Universidade do Oeste da Inglaterra e da Erasmus Universidade de Roterdã, essa alta incidência de jovens depressivos se deve ao grande uso de redes sociais.

Clique aqui e saiba mais.

Beleza não é virtude

Em sua coluna, a escritora Núbia Siqueira comenta que a beleza não é virtude. Mas, explica que dois adjetivos definem bem o que ela é:

“Enganosa é a beleza e vã a formosura (…)” Provérbios 31.10.

“Isso é um grito num alto-falante para um mundo que ama o belo, a elegância, a simetria, a perfeição das curvas, das formas, dos músculos, da pele, do cabelo… e que paga caro por isso”, diz. E continua: “Assim, antes de você lamentar-se por não ser bonito (a) como gostaria, ou, em nome da autoestima, desarmonizar todo o seu rosto, escute o que a sabedoria divina ensina.”

Ajuda e fortalecimento espiritual

Se você conhece quem está passando por um problema semelhante ou é uma dessas pessoas, que está deprimida porque sua aparência não se enquadra no padrão estético imposto pela sociedade, participe da Sessão do Descarrego, que acontece todas as sextas-feiras, na Universal.

Aprenda a utilizar a sua fé para fortalecer o espírito e não se deixar abater por algo tão supérfluo quando o padrão estético. A Sessão do Descarrego acontece às 7h, 10h, 12h, 15h e 20h.

Clique aqui e saiba o endereço mais próximo.


Os perigos da busca por um padrão de beleza e corpo perfeito
  • Redação / Foto: Istock 

  • Colaborador: 

  • Michele Roza


reportar erro