Rede aleluia
Os complexos tornaram Samila uma pessoa depressiva
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 15 de outubro de 2020 - 00:35


Os complexos tornaram Samila uma pessoa depressiva

Mas, a jovem venceu todos esses problemas pela fé. Saiba como

Os complexos tornaram Samila uma pessoa depressiva

Durante toda a infância, a jovem Samila conta que foi molestada, gerando nela um grande trauma. Esse sofrimento, por sua vez, trouxe uma série de outros problemas emocionais, como complexo de inferioridade, tristeza e depressão.

“Queria sair de casa, morar distante dos meus pais, tentei o suicídio, me automutilava, minha aparência passou a ser de um homem e comecei a me vestir só com roupas pretas. Sentia um vazio imenso e tudo na minha vida começou a dar errado”, disse.

Samila ainda passou a sofrer com uma doença que nenhum médico descobria a causa. “Eu ficava três dias em uma cama paralisada, minhas pernas perdiam os movimentos”, comentou.

A mãe de Samila já frequentava as reuniões da “Sessão do Descarrego”, que acontecem às sextas-feiras na Universal e foi por intermédio de um convite feito por ela, que Samila foi curada e liberta.

Assista ao vídeo abaixo e acompanhe o testemunho completo:


Os complexos tornaram Samila uma pessoa depressiva
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro