Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de maio de 2020 - 15:56


No Pará, familiares de detentos recebem 30 toneladas de alimentos

"Delivery Solidário", realizado pelo grupo Universal nos Presídios, atendeu mais de 1200 famílias

O grupo Universal nos Presídios (UNP), além de realizar um trabalho social nas penitenciárias, também atende os familiares dos detentos. Com as visitas suspensas nos presídios, como medida de prevenção ao novo coronavírus, os voluntários estão auxiliando milhares de famílias que se encontram em dificuldades, principalmente neste momento de crise, diante da pandemia.

No dia 17 de maio último, o grupo realizou uma grande ação no estado do Pará, o “Delivery Solidário“. Cerca de 400 voluntários se mobilizaram para a distribuição de aproximadamente 30 toneladas de alimentos. Mais de 1200 famílias foram beneficiadas com a ação.

“Sabemos que muitos estão sem poder sair de casa e visitar seus entes queridos. E também estão passando por necessidades. Então, essa ação é de suma importância para levar amparo a essas pessoas. A cesta de alimentos chegou em um momento quando muitas dessas famílias já não tinham mais o que comer, vivendo uma situação crítica dentro de casa”, contou o Bispo Eduardo Guilherme, responsável pelo trabalho da Universal no Pará.

Alimento físico e alimento espiritual

Com essa ação, além do alimento físico, os voluntários têm a oportunidade de levar para as pessoas o principal para enfrentar as adversidades, que é o alimento espiritual.

“Muitas pessoas estão apavoradas, até para sair de casa, mas nós estamos aqui para ajudar os mais necessitados. Uma senhora nos recepcionou chorando de felicidade, pois disse que estava recebendo uma resposta de Deus ao seu pedido. Naquele dia, ela já não tinha o que comer. Ao poder ajudar, eu também fui renovado pelo Espírito Santo”, relatou o obreiro Antônio Fernando Monteiro, voluntário do grupo UNP em Ilha de Mosqueiro, região metropolitana de Belém.

Muitas pessoas foram diretamente atingidas pela crise em decorrência da pandemia e das medidas de distanciamento social. Assim como a senhora Maria Oliveira, moradora do bairro de Ariramba, na Ilha de Mosqueiro, e que recebeu em casa a doação da cesta de alimentos.

“Agradeço a Deus e a Universal por prestar ajuda tanto às pessoas que estão presas quanto aos seus familiares. No momento, eu já estava sem alimentos em casa. E fiquei muito feliz com a cesta básica que recebi. Tenho certeza que muitos ainda serão alcançados com essa ação, pessoas que estão passando por essa mesma situação”, disse Maria.

Assista abaixo ao vídeo da ação:

Universal Nos Presídios

O grupo Universal Nos Presídios atua em todo o Brasil e também em diversos países do mundo. Durante a quarentena, está seguindo todas as normas de segurança, sem deixar de levar apoio material e a Palavra de Deus a quem precisa. Conheça mais esse trabalho, clicando aqui.


  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro