Rede aleluia
Liberdade absoluta ou um Deus que lhe proteja?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de Junho de 2022 - 13:37


Liberdade absoluta ou um Deus que lhe proteja?

Reflita sobre esta mensagem do Bispo Renato Cardoso

Liberdade absoluta ou um Deus que lhe proteja?

Durante a programação Inteligência e Fé, do dia 22 de junho, o Bispo Renato Cardoso observou que não tem como a pessoa fazer o que bem entende e, ao mesmo tempo, pedir para que Deus cuide dela. Porque, às vezes, a nossa vontade vai contra a vontade de Deus. E se nós não obedecermos a Ele, nada poderá ser feito pela nossa vida.

Por que isso é importante:

  • “Você tem que decidir. O que você quer? Você quer liberdade absoluta ou você quer um Deus que lhe proteja? Porque se você quer um Deus para lhe proteger, tem as condições dEle, tem a Palavra dEle, tem os conselhos dEle, que são para a nossa proteção. Não são para restringir a nossa liberdade, mas para nos proteger de nós mesmos”, apontou o Bispo Renato.

O quadro geral:

  • Na Bíblia, está escrito: “Não aceitaram o Meu conselho, e desprezaram toda a Minha repreensão. Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos. Porque o erro dos simples os matará, e o desvario dos insensatos os destruirá. Mas o que Me der ouvidos habitará em segurança, e estará livre do temor do mal.” Provérbios 1:30-33
  • “Quem ama, repreende. Quando você receber uma repreensão (seja da mãe, do pai, do superior no trabalho, do Pastor na igreja ou de uma pessoa que não é superior a você), se você está errado, abaixe a sua cabeça e aceite a repreensão. É claro que ninguém gosta de ser repreendido, porque é uma atitude que agride a gente, mas é para o nosso bem”, aconselhou o Bispo.
  • Desse modo, nem tudo o que queremos é para o nosso bem. Há momentos em que o nosso desejo poderá nos destruir. Acreditamos que aquilo é bom, mas, na verdade, nos fará mal. Por isso, precisamos dar ouvidos às vontades de Deus, em vez dos nossos próprios desejos.

O que fazer:

  • “Quem quer segurança tem que dar ouvido à Palavra de Deus, aos conselhos dEle, ainda que estes pareçam restritivos. Parece que Deus está tentando lhe podar, prender, restringir, limitar. Mas o que Ele está querendo fazer, na verdade, é lhe proteger de você mesmo e deste mundo que pune aqueles que buscam a liberdade a qualquer preço”, orientou o Bispo.
  • Clique aqui e acompanhe esta e outras mensagens do Bispo Renato Cardoso na íntegra.
  • Compartilhe esta mensagem com amigos e familiares.

Liberdade absoluta ou um Deus que lhe proteja?
  • Da Redação / Foto: iStock 


reportar erro