Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de abril de 2017 - 03:15


Leia a Bíblia em 1 ano – 97º dia

Levítico 10, Salmos 11 e 12 e Provérbios 25

“O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento…” Oséias 4.6

Conhecer a Bíblia é muito importante para todos nós, especialmente nos momentos mais difíceis de nossas vidas, pois Deus fala conosco por meio de Sua Palavra. O Espírito Santo nos conduz, nos orienta, e quando passamos por tribulações, Ele nos faz lembrar do que está escrito na Bíblia, de uma Palavra de Deus que nos conforte. Mas só nos lembraremos se tivermos conhecimento Dela.

Por isso, elaboramos um plano para que você leia a Bíblia em 1 ano. Se você ainda não começou, clique aqui e comece agora, não deixe para amanhã. Você verá o quanto isso transformará a sua vida.

Se você já está nesse propósito, acompanhe a leitura de hoje:

Levítico 10

1. E os filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário e puseram neles fogo, e colocaram incenso sobre ele, e ofereceram fogo estranho perante o Senhor, o que não lhes ordenara.

2. Então saiu fogo de diante do Senhor e os consumiu; e morreram perante o Senhor.

3. E disse Moisés a Arão: Isto é o que o Senhor falou, dizendo: Serei santificado naqueles que se chegarem a mim, e serei glorificado diante de todo o povo. Porém Arão calou-se.

4. E Moisés chamou a Misael e a Elzafã, filhos de Uziel, tio de Arão, e disselhes: Chegai, levai a vossos irmãos de diante do santuário, para fora do arraial.

5. Então chegaram, e os levaram nas suas túnicas para fora do arraial, como Moisés lhes dissera.

6. E Moisés disse a Arão, e a seus filhos Eleazar e Itamar: Não descobrireis as vossas cabeças, nem rasgareis vossas vestes, para que não morrais, nem venha grande indignação sobre toda a congregação; mas vossos irmãos, toda a casa de Israel, lamentem este incêndio que o Senhor acendeu.

7. Nem saireis da porta da tenda da congregação, para que não morrais; porque está sobre vós o azeite da unção d o Senhor. E fizeram conforme à palavra de Moisés.

8. E falou o Senhor a Arão, dizendo:

9. Não bebereis vinho nem bebida forte, nem tu nem teus filhos contigo, quando entrardes na tenda da congregação, para que não morrais; estatuto perpétuo será isso entre as vossas gerações;

10. E para fazer diferença entre o santo e o profano e entre o imundo e o limpo,

11. E para ensinar aos filhos de Israel todos os estatutos que o Senhor lhes tem falado por meio de Moisés.

12. E disse Moisés a Arão, e a Eleazar e a Itamar, seus filhos, que lhe ficaram: Tomai a oferta de alimentos, restante das ofertas queimadas do Senhor, e comei-a sem levedura junto ao altar, porquanto é coisa santíssima.

13. Portanto a comereis no lugar santo; porque isto é a tua porção, e a porção de teus filhos, das ofertas queimadas do Senhor; porque assim me foi ordenado.

14. Também o peito da oferta movida e a espádua da oferta alçada, comereis em lugar limpo, tu, e teus filhos e tuas filhas contigo; porque foram dados por tua porção, e por porção de teus filhos, dos sacrifícios pacíficos dos filhos de Israel.

15. A espádua da oferta alçada e o peito da oferta movida trarão com as ofertas queimadas de gordura, para oferecer por oferta movida perante o Senhor; o que será por estatuto perpétuo, para ti e para teus filhos contigo, como o Senhor tem ordenado.

16. E Moisés diligentemente buscou o bode da expiação, e eis que já fora queimado; portanto indignou-se grandemente contra Eleazar e contra Itamar, os filhos de Arão que ficaram, dizendo:

17. Por que não comestes a expiação do pecado no lugar santo, pois é coisa santíssima e Deus a deu a vós, para que levásseis a iniqüidade da congregação, para fazer expiação por eles diante do Senhor?

18. Eis que não se trouxe o seu sangue para dentro do santuário; certamente devíeis ter comido no santuário, como tenho ordenado.

19. Então disse Arão a Moisés: Eis que hoje ofereceram a sua expiação pelo pecado e o seu holocausto perante o Senhor, e tais coisas me sucederam; se hoje tivesse comido da oferta da expiação pelo pecado, seria isso porventura aceito aos olhos do Senhor?

20. E Moisés, ouvindo isto, deu-se por satisfeito.

Salmos 11

1. No Senhor confio; como dizeis à minha alma: Fugi para a vossa montanha como pássaro?

2. Pois eis que os ímpios armam o arco, põem as flechas na corda, para com elas atirarem, às escuras, aos retos de coração.

3. Se forem destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?

4. O Senhor está no seu santo templo, o trono do Senhor está nos céus; os seus olhos estão atentos, e as suas pálpebras provam os filhos dos homens.

5. O Senhor prova o justo; porém ao ímpio e ao que ama a violência odeia a sua alma.

6. Sobre os ímpios fará chover laços, fogo, enxofre e vento tempestuoso; isto será a porção do seu copo.

7. Porque o Senhor é justo, e ama a justiça; o seu rosto olha para os retos.

Salmos 12

1. Salva-nos, Senhor, porque faltam os homens bons; porque são poucos os fiéis entre os filhos dos homens.

2. Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobrado.

3. O Senhor cortará todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala soberbamente.

4. Pois dizem: Com a nossa língua prevaleceremos; são nossos os lábios; quem é senhor sobre nós?

5. Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o Senhor; porei a salvo aquele para quem eles assopram.

6. As palavras do Senhor são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes.

7. Tu os guardarás, Senhor; desta geração os livrarás para sempre.

8. Os ímpios andam por toda parte, quando os mais vis dos filhos dos homens são exaltados.

Provérbios 25

1. Também estes são provérbios de Salomão, os quais transcreveram os homens de Ezequias, rei de Judá.

2. A glória de Deus está nas coisas encobertas; mas a honra dos reis, está em descobri-las.

3. Os céus, pela altura, e a terra, pela profundidade, assim o coração dos reis é insondável.

4. Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor;

5. Tira o ímpio da presença do rei, e o seu trono se firmará na justiça.

6. Não te glories na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes;

7. Porque melhor é que te digam: Sobe aqui; do que seres humilhado diante do príncipe que os teus olhos já viram.

8. Não te precipites em litigar, para que depois, ao fim, fiques sem ação, quando teu próximo te puser em apuros.

9. Pleiteia a tua causa com o teu próximo, e não reveles o segredo a outrem,

10. Para que não te desonre o que o ouvir, e a tua infâmia não se aparte de ti.

11. Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.

12. Como pendentes de ouro e gargantilhas de ouro fino, assim é o sábio repreensor para o ouvido atento.

13. Como o frio da neve no tempo da sega, assim é o mensageiro fiel para com os que o enviam; porque refresca a alma dos seus senhores.

14. Como nuvens e ventos que não trazem chuva, assim é o homem que se gaba falsamente de dádivas.

15. Pela longanimidade se persuade o príncipe, e a língua branda amolece até os ossos.

16. Achaste mel? come só o que te basta; para que porventura não te fartes dele, e o venhas a vomitar.

17. Não ponhas muito os pés na casa do teu próximo; para que se não enfade de ti, e passe a te odiar.

18. Martelo, espada e flecha aguda é o homem que profere falso testemunho contra o seu próximo.

19. Como dente quebrado, e pé desconjuntado, é a confiança no desleal, no tempo da angústia.

20. O que canta canções para o coração aflito é como aquele que despe a roupa num dia de frio, ou como o vinagre sobre salitre.

21. Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer; e se tiver sede, dá-lhe água para beber;

22. Porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça; e o Senhor to retribuirá.

23. O vento norte afugenta a chuva, e a face irada, a língua fingida.

24. Melhor é morar só num canto de telhado do que com a mulher briguenta numa casa ampla.

25. Como água fresca para a alma cansada, tais são as boas novas vindas da terra distante.

26. Como fonte turvada, e manancial poluído, assim é o justo que cede diante do ímpio.

27. Comer mel demais não é bom; assim, a busca da própria glória não é glória.

28. Como a cidade derrubada, sem muro, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.

O que você aprendeu com a leitura de hoje? Deixe o seu comentário.

E não desanime. Continue firme para ler a Bíblia em 1 ano, aqui no Universal.org.

Acompanhe a leitura do 96º dia clicando aqui.

Acompanhe a leitura do 98º dia clicando aqui.

Se você ainda não começou, clique aqui e comece agora, não deixe para amanhã.


  • Da Redação 


reportar erro