Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de março de 2017 - 03:15


Leia a Bíblia em 1 ano – 70º dia

Êxodo 21, João 1 e Jó 40

“O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento…” Oséias 4.6

Conhecer a Bíblia é muito importante para todos nós, especialmente nos momentos mais difíceis de nossas vidas, pois Deus fala conosco por meio de Sua Palavra. O Espírito Santo nos conduz, nos orienta, e quando passamos por tribulações, Ele nos faz lembrar do que está escrito na Bíblia, de uma Palavra de Deus que nos conforte. Mas só nos lembraremos se tivermos conhecimento Dela.

Por isso, elaboramos um plano para que você leia a Bíblia em 1 ano. Se você ainda não começou, clique aqui e comece agora, não deixe para amanhã. Você verá o quanto isso transformará a sua vida.

Se você já está nesse propósito, acompanhe a leitura de hoje:

Êxodo 21

1. E S T E S são os estatutos que lhes proporás.

2. Se comprares um servo hebreu, seis anos servirá; mas ao sétimo sairá livre, de graça.

3. Se entrou com o seu corpo, com o seu corpo sairá; se ele era homem casado, sua mulher sairá com ele.

4. Se seu senhor lhe houver dado uma mulher e ela lhe houver dado filhos ou filhas, a mulher e seus filhos serão de seu senhor, e ele sairá sozinho.

5. Mas se aquele servo expressamente disser: Eu amo a meu senhor, e a minha mulher, e a meus filhos; não quero sair livre,

6. Então seu senhor o levará aos juízes, e o fará chegar à porta, ou ao umbral da porta, e seu senhor lhe furará a orelha com uma sovela; e ele o servirá para sempre.

7. E se um homem vender sua filha para ser serva, ela não sairá como saem os servos.

8. Se ela não agradar ao seu senhor, e ele não se desposar com ela, fará que se resgate; não poderá vendê-la a um povo estranho, agindo deslealmente com ela.

9. Mas se a desposar com seu filho, fará com ela conforme ao direito das filhas.

10. Se lhe tomar outra, não diminuirá o mantimento desta, nem o seu vestido, nem a sua obrigação marital.

11. E se lhe não fizer estas três coisas, sairá de graça, sem dar dinheiro.

12. Quem ferir alguém, de modo que este morra, certamente será morto.

13. Porém se lhe não armou cilada, mas Deus lho entregou nas mãos, ordenar-teei um lugar para onde fugirá.

14. Mas se alguém agir premeditadamente contra o seu próximo, matando-o à traição, tirá-lo-ás do meu altar, para que morra.

15. O que ferir a seu pai, ou a sua mãe, certamente será morto.

16. E quem raptar um homem, e o vender, ou for achado na sua mão, certamente será morto.

17. E quem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, certamente será morto.

18. E se dois homens pelejarem, ferindo-se um ao outro com pedra ou com o punho, e este não morrer, mas cair na cama,

19. Se ele tornar a levantar-se e andar fora, sobre o seu bordão, então aquele que o feriu será absolvido; somente lhe pagará o tempo que perdera e o fará curar totalmente.

20. Se alguém ferir a seu servo, ou a sua serva, com pau, e morrer debaixo da sua mão, certamente será castigado;

21. Porém se sobreviver por um ou dois dias, não será castigado, porque é dinheiro seu.

22. Se alguns homens pelejarem, e um ferir uma mulher grávida, e for causa de que aborte, porém não havendo outro dano, certamente será multado, conforme o que lhe impuser o marido da mulher, e julgarem os juízes.

23. Mas se houver morte, então darás vida por vida,

24. Olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé,

25. Queimadura por queimadura, ferida por ferida, golpe por golpe.

26. E quando alguém ferir o olho do seu servo, ou o olho da sua serva, e o danificar, o deixará ir livre pelo seu olho.

27. E se tirar o dente do seu servo, ou o dente da sua serva, o deixará ir livre pelo seu dente.

28. E se algum boi escornear homem ou mulher, que morra, o boi será apedrejado certamente, e a sua carne não se comerá; mas o dono do boi será absolvido.

29. Mas se o boi dantes era escorneador, e o seu dono foi conhecedor disso, e não o guardou, matando homem ou mulher, o boi será apedrejado, e também o seu dono morrerá.

30. Se lhe for imposto resgate, então dará por resgate da sua vida tudo quanto lhe for imposto,

31. Quer tenha escorneado um filho, quer tenha escorneado uma filha; conforme a este estatuto lhe será feito.

32. Se o boi escornear um servo, ou uma serva, dar-se-á trinta siclos de prata ao seu senhor, e o boi será apedrejado.

33. Se alguém abrir uma cova, ou se alguém cavar uma cova, e não a cobrir, e nela cair um boi ou um jumento,

34. O dono da cova o pagará; pagará em dinheiro ao seu dono, mas o animal morto será seu.

35. Se o boi de alguém ferir o boi do seu próximo, e morrer, então se venderá o boi vivo, e o dinheiro dele se repartirá igualmente, e também repartirão entre si o boi morto.

36. Mas se foi notório que aquele boi antes era escorneador, e seu dono não o guardou, certamente pagará boi por boi; porém o morto será seu.

João 1

1. No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

2. Ele estava no princípio com Deus.

3. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

4. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.

5. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.

6. Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João.

7. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.

8. Não era ele a luz, mas para que testificasse da luz.

9. Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo.

10. Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu.

11. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

12. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;

13. Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

14. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.

15. João testificou dele, e clamou, dizendo: Este era aquele de quem eu dizia: O que vem após mim é antes de mim, porque foi primeiro do que eu.

16. E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça.

17. Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.

18. Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.

19. E este é o testemunho de João, quando os judeus mandaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para que lhe perguntassem: Quem és tu?

20. E confessou, e não negou; confessou: Eu não sou o Cristo.

21. E perguntaram-lhe: Então quê? És tu Elias? E disse: Não sou. És tu profeta? E respondeu: Não.

22. Disseram-lhe pois: Quem és? para que demos resposta àqueles que nos enviaram; que dizes de ti mesmo?

23. Disse: Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.

24. E os que tinham sido enviados eram dos fariseus.

25. E perguntaram-lhe, e disseram-lhe: Por que batizas, pois, se tu não és o Cristo, nem Elias, nem o profeta?

26. João respondeu-lhes, dizendo: Eu batizo com água; mas no meio de vós está um a quem vós não conheceis.

27. Este é aquele que vem após mim, que é antes de mim, do qual eu não sou digno de desatar a correia da alparca.

28. Estas coisas aconteceram em Betabara, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.

29. No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

30. Este é aquele do qual eu disse: Após mim vem um homem que é antes de mim, porque foi primeiro do que eu.

31. E eu não o conhecia; mas, para que ele fosse manifestado a Israel, vim eu, por isso, batizando com água.

32. E João testificou, dizendo: Eu vi o Espírito descer do céu como pomba, e repousar sobre ele.

33. E eu não o conhecia, mas o que me mandou a batizar com água, esse me disse: Sobre aquele que vires descer o Espírito, e sobre ele repousar, esse é o que batiza com o Espírito Santo.

34. E eu vi, e tenho testificado que este é o Filho de Deus.

35. No dia seguinte João estava outra vez ali, e dois dos seus discípulos;

36. E, vendo passar a Jesus, disse: Eis aqui o Cordeiro de Deus.

37. E os dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus.

38. E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, disse-lhes: Que buscais? E eles disseram: Rabi (que, traduzido, quer dizer Mestre), onde moras?

39. Ele lhes disse: Vinde, e vede. Foram, e viram onde morava, e ficaram com ele aquele dia; e era já quase a hora décima.

40. Era André, irmão de Simão Pedro, um dos dois que ouviram aquilo de João, e o haviam seguido.

41. Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo).

42. E levou-o a Jesus. E, olhando Jesus para ele, disse: Tu és Simão, filho de Jonas; tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro).

43. No dia seguinte quis Jesus ir à Galiléia, e achou a Filipe, e disse-lhe: Segue-me.

44. E Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro.

45. Filipe achou Natanael, e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José.

46. Disse-lhe Natanael: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem, e vê.

47. Jesus viu Natanael vir ter com ele, e disse dele: Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo.

48. Disse-lhe Natanael: De onde me conheces tu? Jesus respondeu, e disselhe: Antes que Filipe te chamasse, te vi eu, estando tu debaixo da figueira.

49. Natanael respondeu, e disse-lhe: Rabi, tu és o Filho de Deus; tu és o Rei de Israel.

50. Jesus respondeu, e disse-lhe: Porque te disse: Vi-te debaixo da figueira, crês? Coisas maiores do que estas verás.

51. E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem.

Jó 40

1. Respondeu mais oS enhor a Jó, dizendo:

2. Porventura o contender contra o Todo-Poderoso é sabedoria? Quem argui assim a Deus, responda por isso.

3. Então Jó respondeu ao Senhor, dizendo:

4. Eis que sou vil; que te responderia eu? A minha mão ponho à boca.

5. Uma vez tenho falado, e não replicarei; o u ainda duas vezes, porém não prosseguirei.

6. Então o Senhor respondeu a Jó de um redemoinho, dizendo:

7. Cinge agora os teus lombos como homem; eu te perguntarei, e tu me explicarás.

8. Porventura também tornarás tu vão o meu juízo, ou tu me condenarás, para te justificares?

9. Ou tens braço como Deus, ou podes trovejar com voz como ele o faz?

10. Orna-te, pois, de excelência e alteza; e veste-te de majestade e de glória.

11. Derrama os furores da tua ira, e atenta para todo o soberbo, e abate-o.

12. Olha para todo o soberbo, e humilha-o, e atropela os ímpios no seu lugar.

13. Esconde-os juntamente no pó; ata-lhes os rostos em oculto.

14. Então também eu a ti confessarei que a tua mão direita te poderá salvar.

15. Contemplas agora o beemote, que eu fiz contigo, que come a erva como o boi.

16. Eis que a sua força está nos seus lombos, e o seu poder nos músculos do seu ventre.

17. Quando quer, move a sua cauda como cedro; os nervos das suas coxas estão entretecidos.

18. Os seus ossos são como tubos de bronze; a sua ossada é como barras de ferro.

19. E l e é obra-prima dos caminhos de Deus; o que o fez o proveu da sua espada.

20. Em verdade os montes lhe produzem pastos, onde todos os animais do campo folgam.

21. Deita-se debaixo das árvores sombrias, no esconderijo das canas e da lama.

22. As árvores sombrias o cobrem, com sua sombra; os salgueiros do ribeiro o cercam.

23. Eis que um rio transborda, e ele não se apressa, confiando ainda que o Jordão se levante até à sua boca.

24. Podê-lo-iam porventura caçar à vista de seus olhos, ou com laços lhe furar o nariz?

O que você aprendeu com a leitura de hoje? Deixe o seu comentário.

E não desanime. Continue firme para ler a Bíblia em 1 ano, aqui no Universal.org.

Acompanhe a leitura do 69º dia clicando aqui.

Acompanhe a leitura do 71º dia clicando aqui.

Se você ainda não começou, clique aqui e comece agora, não deixe para amanhã.


  • Da Redação 


reportar erro