Rede aleluia
Lar de idosos recebe uma serenata feita pelos voluntários da FJU
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de agosto de 2020 - 14:58


Lar de idosos recebe uma serenata feita pelos voluntários da FJU

Grupo do estado do Rio Grande do Sul levou alegria e fé aos 10 moradores do local

Lar de idosos recebe uma serenata feita pelos voluntários da FJU

O mundo inteiro foi afetado de diversas formas pela pandemia do novo coronavírus. No campo físico, emocional e material as consequências foram devastadoras.

Os idosos, por exemplo, que já sofriam com a solidão, o abandono e outros problemas, passaram a sofrer ainda mais. Por serem um dos principais grupos de risco, tiveram de ficar ainda mais isolados e distantes das pessoas que amam.

Mas a Força Jovem Universal (FJU) não esquece de nenhum deles. Mesmo com a restrições do isolamento social, os voluntários da cidade Torres, litoral norte do Rio Grande do Sul, levaram alegria e fé para o lar de idosos Longevitá.

“Devido a atual situação, nem os familiares conseguem visita-los. Então resolvemos fazer essa ação para levar carinho e mostrar que eles não estão sozinhos”, diz a responsável pelo projeto, Clarice Justo Brandolt.

Carinho por meio da música

A visita aconteceu na tarde do último dia 26 de julho. Vinte voluntários se reuniram para oferecer um café e uma serenata ao violão. A ação foi simples, mas causou muita comoção aos 10 idosos moradores do local.

“Eles ficaram muito felizes, batiam palmas, pediam músicas. Um deles, o senhor Andrino Pádua, de 81 anos, chorou enquanto tocávamos”, conta Clarice.

Para ela, além de beneficiar os idosos “esse tipo de ação faz muito bem para a gente. É muito gratificante ver que podemos levar o Senhor Jesus  e carinho por meio desse trabalho, além de mostrar que eles não estão sozinhos”, afirma.

Para conhecer mais ações da FJU Gaúcha acesse a página no Instagram. Para ver o que acontece na FJU em todo o Brasil curta a página oficial do grupo no Facebook e siga o Instagram.


Lar de idosos recebe uma serenata feita pelos voluntários da FJU
  • Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas 


reportar erro