Rede aleluia
Jesus é tentado por satanás no deserto
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 17 de maio de 2020 - 00:05


Jesus é tentado por satanás no deserto

Saiba o que as atitudes de Cristo durante a tentação nos ensinam nos dias atuais

Jesus é tentado por satanás no deserto

A Record TV está reprisando a novela Jesus de segunda a sexta-feira a partir das 21h30 e o público tem se emocionado de novo com os ensinamentos preciosos relacionados à Fé cristã. Essa reapresentação acontece em um período de dificuldades na vida de muitas famílias brasileiras que enfrentam a crise decorrente da pandemia do novo coronavírus.

Em isolamento social, o telespectador pode absorver as lições mostradas em muitas cenas, como a da tentação de Jesus, interpretado por Dudu Azevedo. Na ocasião, Jesus, cheio do Espírito de Deus, foi conduzido ao deserto e, após 40 dias de jejum, com fome e com a força física esgotada, fica frente a frente com Satanás (Mayana Moura), que o tentou, a todo custo, a provar que é mesmo o Filho de Deus.

Nas cenas, baseadas no Evangelho de Lucas 4.1-12, Satanás provoca Jesus, ao questioná-Lo sobre o Seu poder. Ele O desafia a transformar as pedras em pães e matar sua fome. Contudo ouve o que não gosta, pois Jesus lhe diz que “nem só de pão viverá o homem, mas de toda a Palavra de Deus”.

Não se dando por vencido, do alto do pináculo do Templo em Jerusalém, Satanás desafia novamente Jesus e Lhe diz que se Ele fosse mesmo o Filho de Deus deveria se atirar de lá. Usando as palavras das Escrituras, afirma que Deus daria ordem aos Seus anjos para que O livrassem, mas Jesus responde: “Não tentarás ao Senhor teu Deus”.

Satanás então mostra a Jesus, do alto de um monte, todos os reinos do mundo e afirma que Lhe daria todo poder, glória e domínio, caso Ele se prostrasse. Então, Jesus o expulsa de Sua presença e afirma que serve e adora somente a Deus.

Por que Jesus foi tentado?
O próprio Deus, por meio do Espírito Santo, levou o Senhor Jesus ao deserto para ser tentado pelo diabo. Mas, conhecendo seu Filho, sabia que Ele seria aprovado. E por que Ele fez isso? Na verdade, Deus permitiu que Jesus sofresse as tentações para nos deixar um modelo a ser seguido quando estivermos diante dos problemas, das provas e das provocações comuns da caminhada na Fé. O próprio Filho de Deus, sendo perfeito, sem pecados, venceu aquele deserto e o mesmo também deve acontecer conosco, pecadores.

Todo cristão passa por desertos, período em que parece que os problemas não têm fim. Às vezes, ficamos solitários, sem receber a ajuda de ninguém, e vivemos dias difíceis em que a sensação é de estar enfrentando tudo sozinho. Mas é nesses momentos que devemos depositar toda a nossa Fé, confiança e dependência em Deus e fortalecermos assim a comunhão com Ele.

O diabo sempre vai nos tentar na nossa fraqueza, como fez com Jesus quando viu a fome dEle, mas devemos reagir da mesma forma, ou seja, não cair na armadilha dele. Assim como Jesus fez, devemos confrontar as tentativas do diabo praticando a Palavra de Deus.

Vimos nessas cenas que o diabo usa a Palavra de Deus, mas sempre fará isso de forma distorcida, para enganar as pessoas. Por isso, é necessário ter comunhão com Deus e a presença do Espírito Santo. É Ele quem pode nos dar discernimento para compreendermos a voz deturpada do diabo.

Qual é o seu deserto?
Seja qual for o seu problema, faça como Jesus fez: santifique sua vida a Deus e esteja conectado com a Palavra dEle. Clame ao Senhor para que Ele esteja contigo. E lembre-se: o deserto não é para sempre.

Depois de enfrentar a fome e as tentações por 40 dias, Nosso Salvador foi aprovado por Deus que ordenou aos anjos que O servissem:

“Então o diabo o deixa; e, eis que chegaram os anjos e O serviam.” (Mateus 4.11). Então, seja fiel a Deus, pois, mesmo sendo provado, você também será aprovado.


Jesus é tentado por satanás no deserto
  • Kelly Lopes / Fotos: Edu Moraes 


reportar erro