Rede aleluia

Notícias | 14 de julho de 2018 - 03:05


Grupo da Saúde: um dos mais importantes braços de evangelização da Universal

São mais de 18 mil voluntários atuando em todo Brasil. Saiba mais

O ano de 2018 certamente ficará marcado para os voluntários do Grupo da Saúde, um dos mais importantes braços de evangelização da Universal.

Isso porque, com o intuito de alcançar ainda mais sofridos dentro do ambiente hospitalar, no início do ano, o grupo – criado em 1980 como grupo do hospital –, passou por uma grande e importante reformulação.

Até então o trabalho consistia basicamente em evangelizar nas portas dos hospitais, prontos-socorros e postos de saúdes; e realizar visitas nos leitos quando solicitadas pelos familiares. Com as mudanças o trabalho foi aprimorado e o auxílio espiritual e social, antes destinado apenas aos pacientes, foi estendido também aos profissionais da saúde, que muitas vezes sofrem devido à enorme carga de estresse que são submetidos diariamente no exercício da profissão.

Conheça quais são essas novidades:

– Palestras para os profissionais da saúde: São realizadas mensalmente em hospitais e em outros locais por médicos voluntários, nas quais assuntos como depressão, inteligência emocional e suicídio são abordados com a finalidade de zelar pelo bem-estar físico e mental daqueles que dedicam a vida para cuidar da saúde de outras pessoas e, além disso, ajuda esses profissionais a quebrar paradigmas criados em relação à ciência e à fé.

– Apoio à saúde: Muitas pessoas passam horas em filas de postos de saúde e hospitais aguardando atendimento médico, algumas vêm de outras cidades e passam madrugadas inteiras na fila, enfrentando o frio, a fome e o cansaço para garantir uma vaga. Foi para prestar um amparo a essas pessoas que o grupo de apoio foi criado. Durante as madrugadas os voluntários percorrem esses locais para servir café da manhã às pessoas que aguardam nas filas, bem como aos funcionários da unidade de saúde.

– Sorriso Saúde: Esse projeto tem a missão de levar alegria aos pacientes, familiares e profissionais da saúde dentro do ambiente hospitalar. Os voluntários se caracterizam de palhaço e outros personagens e realizam brincadeiras, cantam e contam histórias aos pacientes, acompanhantes, enfermeiros, médicos e funcionários dos hospitais, que são envolvidos por um ambiente mais leve e alegre, tornando o dia delas mais feliz.

Para realizar esse trabalho eles participam de uma oficina de palhaço de hospital, a fim de se capacitarem e aprenderem as técnicas necessárias para desenvolverem essas atividades.

Curso de Agente do Bem-Estar: Para ingressar como voluntário no grupo da Saúde o candidato participa de um curso preparatório com duração de quatro semanas, por meio do qual ele será orientado sobre como deve ser realizado o trabalho no ambiente clínico hospitalar e sobre os cuidados necessários. O curso é ministrado por profissionais da saúde e de outras áreas que abordam temas como higiene, formas de contaminação e muitos outros, a fim de que o voluntário esteja apto para realizar as ações.

– Doação de sangue: Regularmente os voluntários se mobilizam para doar sangue. Somente nesse primeiro semestre de 2018 foram realizadas duas campanhas que mobilizaram aproximadamente 10 mil doadores. A primeira ação, com slogan “Doe sangue, doe vida ocorreu no mês de fevereiro e possibilitou a coleta de mais de 1,2 mil litros de sangue. A segunda, ocorreu em junho, em adesão à campanha Junho Vermelho, da qual participaram mais de 6,5 mil voluntários em todo o Brasil.

O Bispo Eduardo Ribeiro, responsável pelo trabalho em todo o País, destaca que o grupo tem um importante papel de responsabilidade social. Ele afirma que ao realizar campanhas de doação de sangue, por exemplo, incentiva a cultura de doação, que ainda é pequena no Brasil, e colabora com a manutenção dos estoques dos hemocentros possibilitando assim que muitas vidas sejam salvas.

Em relação ao apoio espiritual e emocional que é proporcionado aos pacientes durante as visitas realizadas nos leitos, o Bispo afirma que os próprios médicos notam a mudança no semblante dessas pessoas. “Os médicos e enfermeiros relatam que essas pessoas reagem melhor ao tratamento, porque passam a acreditar que podem vencer a doença”, destaca o Bispo.

Recentemente o grupo recebeu uma homenagem na Câmara Municipal de Campinas. Veja a matéria:

O grupo conta com cerca de 18,5 mil voluntários em todo o Brasil.

Para fazer parte desse trabalho entre em contato pelo WhatsApp (11) 94821-0173; pelo e-mail: admcentraldasaude@gmail.com ou procure a Universal mais próxima de você. Veja aqui os endereços.

Para solicitar uma visita do grupo em qualquer parte do Brasil, entre em contato com o SOS Saúde Templo, pelo WhatsApp (11) 99748-7596 ou pelo e-mail visitas@sp.universal.org.br. O pedido será encaminhado à equipe mais próxima do local.


  • Por Jeane Vidal / Foto: Mídia Saúde 



reportar erro