Rede aleluia
Filme "Nada a Perder" surpreende público por todo o País
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 29 de março de 2018 - 03:00


Filme "Nada a Perder" surpreende público por todo o País

Filme já é sucesso de bilheteria, ultrapassando a marca de 4 milhões de ingressos vendidos na pré-venda.

Filme "Nada a Perder" surpreende público por todo o País

Estreou nesta quinta-feira, dia 29 de março, em todo Brasil, o filme mais esperado do ano: “Nada a Perder – Contra tudo. Por todos”, que conta a trajetória do Bispo Edir Macedo, líder e fundador da Universal.
Mais de 1.100 salas em 669 cinemas espalhadas por todo País foram disponibilizadas para exibir o filme, que já é sucesso de bilheteria, ultrapassando a marca de 4 milhões de ingressos vendidos, já na pré-venda.
Mas não é somente em salas convencionais dos cinemas que o filme está sendo exibido. Para dar oportunidade aos moradores das regiões mais carentes de também assistirem ao longa, um ônibus foi totalmente equipado e está percorrendo essas regiões com essa finalidade. Sem contar as exibições itinerantes que também já estão sendo feitas em presídios, unidades de recuperação de menores infratores, escolas, orfanatos e casas de repouso.
Os ingressos se esgotaram rapidamente. Foi o caso do Cinemark do Shopping Aricanduva, na zona leste de São Paulo, onde as sessões são exibidas a cada quarenta minutos e, mesmo assim, todos os ingressos se esgotaram.
O mesmo cenário pôde ser visto em sessões exibidas em outras localidades e demais estados. Por todo o País, o filme levou muita gente para as salas de cinema nesta quinta-feira.
“O filme é uma lição de vida”
Famosos, políticos e personalidades também assistiram ao filme na pré-estreia, que aconteceu no dia 27 de março. Após a sessão, os elogios sobre a obra foram diversos. Confira no vídeo abaixo o que eles disseram:

A reação das pessoas era uma só
Ao sair das salas, pessoas de todos os lugares do Brasil compartilham da mesma opinião: um filme emocionante e que vai muito além de religiosidades e crenças.
A cantora Gleide Dammas assistiu o longa no Shopping Barra, em Salvador, na Bahia, e garante que segurar as lágrimas torna-se uma difícil tarefa diante da tela. “Eu chorei o filme todo. É impactante. Como é lindo ver que Deus chama, capacita e confirma o chamado. Deus falou fortemente comigo por meio desse filme. Uma linda história de superação, sonhos, objetivos, foco e, acima de tudo, de um coração ardendo para ganhar almas”, relata.
O vereador soteropolitano Léo Kret também compareceu ao cinema, em Salvador, para prestigiar a estreia do filme e afirma ser presença garantida na estreia do próximo. “É uma história de uma fé que é capaz de mover montanhas. Parabéns ao Bispo. Eu já estou esperando pelo segundo filme”, afirma.
Com roteiro de Stephen Lindsey, que diz ter ficado fascinado pela história do Bispo, o filme chamou atenção por sua riqueza de detalhes e o envolvente enredo. Quem garante é o cinéfilo Vida Bruno, que esteve na estreia do longa. “Ele trouxe um arcabouço de informações necessárias para fazer um grande filme. Ele elucidou a história de uma pessoa que sofreu tanta discriminação e ainda vemos isso nos dias de hoje. Mostrar o poder da inclusão social, da quebra de paradigmas e o poder do fim das discriminações é importante. Acho que esse foi o maior ensinamento do filme”, relata o jovem que é coordenador do Centro de Referência e Cidadania LGBT.
Veja mais depoimentos:

Um filme para todos
A prova de que se trata de um filme além de barreiras religiosas é a presença de inúmeras pessoas de diferentes religiões em sessões espalhadas Brasil afora. Alfredo Dórea é padre e garantiu seu ingresso já para o primeiro dia da exibição. Ele afirma que, além da história, a produção do longa também chama atenção. “Os atores são muito bons. É muito difícil fazer uma biografia que empolgue o público. É um filme que empolga, que te faz ir conhecendo a história, mas que deixa um suspense para o segundo filme”, declara.
Confira abaixo mais fotos da estreia do filme “Nada a Perder – Contra tudo. Por todos”:


Filme "Nada a Perder" surpreende público por todo o País
  • Por Jeane Vidal / Fotos: cedidas 


reportar erro