Rede aleluia

Notícias | 21 de março de 2019 - 13:30


Filha de um dos maiores boxeadores da história tira a própria vida

Independentemente do que a pessoa esteja passando, tirar a própria vida gerará um transtorno infinitamente pior. Entenda

Freeda Foreman, a filha do ex-boxeador George Foreman, herdou boa parte da herança milionária do pai, que também é empresário. Além disso, ela estava casada há anos, tinha duas filhas e três netos. Mesmo assim cometeu o suicídio no último sábado, 9 de março.

Freeda possuía tudo o que, aparentemente, torna uma pessoa feliz: família, dinheiro, fama “na medida certa” (conhecida, mas não perseguida por fãs e paparazzi). Mesmo assim seu desespero foi tamanho que ela sufocou a si mesma.

Detetives ainda investigam o caso, mas, de acordo com o site especializado TMZ, a polícia afirma que as circunstâncias realmente indicam o suicídio como causa mais provável da morte.

O que ela devia saber antes do suicídio

O suicídio não é a resolução dos problemas. Independentemente do que a pessoa esteja passando, tirar a própria vida gerará um transtorno infinitamente pior. Quem explica é o Bispo Edir Macedo.

“Muitas pessoas, não conseguindo mais suportar a tristeza, a depressão e o vazio de suas almas, acabam chegando ao ápice do radicalismo, ao darem cabo de suas próprias vidas”, afirma ele. “Mas o suicídio conduz a tormentos infinitamente dolorosos e eternos! ”

Conforme ensina o Bispo, “não se resolve um problema fugindo dele. Porém, se você está passando por alguma situação que tem custado a sua paz, e pensamentos em dar cabo da sua vida lhe atormentam, então, busque a Deus. Há uma solução! Aí mesmo, onde você estiver, Deus está pronto para entrar em ação e acabar com esse sofrimento. Mas, Ele só poderá fazê-lo com a sua permissão. Basta convidá-Lo agora mesmo”.

Se você precisa de uma resposta imediata, acesse agora o serviço Pastor Online. Ali há uma pessoa pronta para te ouvir com atenção e auxiliar. O serviço funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Combate à depressão

Todas as sextas-feiras, a Universal se dedica a livrar as pessoas desse mal. Além da depressão, os problemas espirituais também podem se manifestar por meio de vícios, doenças que os médicos não conseguem descobrir a causa, insônia, entre outros.

As reuniões de libertação acontecem às sextas-feiras em todos os templos da Universal (clique aqui e veja o endereço). No Templo de Salomão, você pode participar às 10h, 15h, 20h. Já, ao meio-dia, também acontece uma reunião especialmente voltada para quem sofre com depressão. Não perca!


  • Andre Batista / Imagem: Reprodução Internet 


reportar erro