Rede aleluia
Estreia do programa “Entrelinhas” conta com a participação do Bispo Macedo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de Julho de 2018 - 11:52


Estreia do programa “Entrelinhas” conta com a participação do Bispo Macedo

Primeiro episódio falou sobre o segredo de Lia. Confira

Estreia do programa “Entrelinhas” conta com a participação do Bispo Macedo

O programa “Entrelinhas” apresentado por Cristiane Cardoso estreou nesta terça-feira, dia 10 de julho, como o primeiro realizado em estúdio a ser transmitido ao vivo pelo Univer Vídeo. Neste episódio inicial, Cristiane e suas convidadas, Nanda Bezerra e Raphaela Castro, contaram com a participação especial do Bispo Edir Macedo.
O assunto abordado no programa de estreia foi Lia, personagem bíblica e protagonista da minissérie exibida na Record TV. Foi uma oportunidade aos internautas e espectadores de conhecer mais a fundo a personalidade dela e entender o porquê de Lia ter sido escolhida por Deus para gerar dez das doze tribos de Israel, mesmo sendo desprezada por Jacó.
 
A Bíblia não dá muito detalhes da história de Lia, mas nas entrelinhas do texto Sagrado é possível detectar alguns pontos fundamentais que revelam a fé e o caráter dela. O debate destacou e desvendou aspectos importantes e possibilitou um maior entendimento espiritual dessa importante história bíblica.
O Bispo Macedo enfatizou durante o programa que a história de Lia nos mostra o amadurecimento da fé. Pois, vai muito além de contar a trajetória de uma família, abre um horizonte para o entendimento espiritual.

Aos olhos de Deus
 
“Vendo, pois, o Senhor que Lia era desprezada, abriu a sua madre; porém Raquel era estéril” Gênesis 29: 31
 
Para o Bispo, com a passagem citada acima, podemos perceber como Deus vê os desprezados. No caso de Lia, ela não casou por opção própria. Foi obrigada pelo seu pai, que não respeitou a vontade dela e tratou o casamento como uma negociação. Ela estava sofrendo uma agressão, um ultraje ao ser desprezada pelo pai e pelo marido.
“Salta aos meus olhos que Lia foi uma vítima. Mas, o que me chama mais atenção são os olhos de Deus. As pessoas quando são de Deus têm esses olhos de não esmorecer com a injustiça (…) O mundo dá valor ao que é belo aos olhos humanos. As mais belas são louvadas. As mais feias são as que passam despercebidas, e Deus olha por essas pessoas”, disse.
Cristiane reiterou afirmando que o mundo dita padrões de beleza e se a mulher não tem determinado perfil ela não é considerada bonita. Por conta disso, muitas tendem a se anular apenas para alcançar o padrão estipulado pelos outros. Porém ela explicou que Lia era uma mulher de fé, temente a Deus, e tinha algo maior do que apenas beleza física.
Bispo Macedo explicou que, para um homem de Deus, o que vale não é a beleza exterior, pois, o que mantém o relacionamento é a alma e espírito que se doam, que se tornam afável, que se comunicam e vivem em unidade. “O amor não acontece pelos olhos físicos, ele acontece pelos olhos da fé. A beleza se torna irrelevante. Uma mulher de Deus é cheia do Espírito Santo, inigualável e faz a diferença na vida de um homem”, afirmou.
Apesar de todas as dificuldades que Lia sofreu com o desprezo no casamento, ela, que tinha sido criada pela mãe e já cultivava a sua fé, santificou Jacó e foi honrada, tornando-se a sua própria bênção. “O segredo de Lia para obter o final feliz dela foi o apego e a perseverança às promessas de Deus. Ela obedeceu e foi honrada”, concluiu.
 
Univer Vídeo
Quer assistir a mais programas, filmes e ter acesso a um conteúdo exclusivo? Clique aqui e descubra como você também pode usar essa plataforma.


Estreia do programa “Entrelinhas” conta com a participação do Bispo Macedo
  • Por Michele Roza / Fotos: Demétrio Koch e Reprodução 


reportar erro