Rede aleluia
Entenda por que você deve ser a própria Arca da Aliança
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 20 de agosto de 2018 - 14:08


Entenda por que você deve ser a própria Arca da Aliança

Durante reunião especial de 4 anos do Templo de Salomão, com o cortejo da Arca da Aliança, Bispo Renato Cardoso fala sobre a Arca que Deus deseja que seus filhos sejam

Entenda por que você deve ser a própria Arca da Aliança

Às 8h, deste domingo, 5 de agosto, os termômetros marcavam 16° C. Mas mesmo diante do frio e da garoa que faziam na cidade de São Paulo, aproximadamente 20 mil pessoas estiveram no Templo de Salomão para a Sessão Solene em comemoração aos 4 anos do Templo, com a entrada da Arca da Aliança. A estrutura, o coral e os levitas, desde cedo, já estavam a postos esperando o cortejo.

Depois de percorrer todos os estados brasileiros, a Arca voltou à sua casa, na quarta feira, 1° de agosto, e ficou guardada no Tabernáculo de Moisés, área externa do Templo de Salomão. Neste domingo, quando os ponteiros indicavam 9h, a Arca da Aliança seguiu em cortejo em direção ao Santuário. Durante o percurso, pessoas, movidas pela fé, faziam suas orações em favor de suas vidas e de suas famílias.
Um símbolo de fé
A Bíblia explica que a Arca da Aliança representava o próprio Deus no meio de Seu povo. Nela estavam guardadas as tábuas da lei que Deus havia dado a Moisés, no monte Sinai. Além de, também, ser testemunha de maravilhas feitas por Deus a seu povo.
O Bispo Renato Cardoso, durante a cerimônia, esclareceu que a Arca não é um símbolo de adoração, mas de recordação e de fé. “Não adoramos a Arca da Aliança. Ela é, na verdade, o símbolo para despertar nossas memórias sobre o poder de Deus”, ressaltou.
Ele também deixou claro que Deus não deseja que Suas leis fiquem apenas na Arca, mas que também estejam gravadas no coração e na mente de Seus filhos. Ele baseou seus ensinamentos na passagem descrita no livro de Hebreus, no capítulo 10, versículo 16.

 “Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as Minhas leis em seus corações, e as escreverei em seus entendimentos.”  Hebreus 10:16

“Ele está fazendo alusão à Arca da Aliança. O povo estava acostumado a saber que as leis estavam guardadas na Arca, mas agora, Deus está dizendo que vai escrever Suas leis na cabeça e no coração, para que tenhamos aliança com Ele”, ensinou o Bispo.
Ele ainda alertou que o problema do ser humano está nas palavras erradas que ele guarda na cabeça e no coração. “O problema financeiro, por exemplo, muitas vezes, também é fruto de palavras erradas. Desde cedo nos ensinam que temos que estudar para ter um bom emprego. Então, diante da crise, você que foi treinado a procurar emprego vai esperar o governo mudar e, enquanto isso, vai sobrevivendo de ‘bicos’, quando, na verdade, a Bíblia fala que, se houver obediência, não haverá pobres no meio do povo de Deus. Ele nos deu a Sua Palavra para não dependermos de ninguém, apenas da nossa inteligência e da Palavra dEle”, ressaltou o Bispo.
O Bispo ainda reiterou que esta inteligência deve ser usada pelo ser humano, da mesma forma que ele usa um computador. O valor de uma máquina é definido a partir do que está dentro de sua memória. Há computadores caríssimos e escondidos a sete chaves, apenas por guardarem informações valiosas. Da mesma forma acontece com o ser humano. “Deus nos deu a inteligência, mas qual é a informação que Ele quer colocar dentro de nossa cabeça para que sejamos valiosos? A Palavra dEle. Os problemas de sua vida estão atrelados às palavras que estão em sua mente”, aconselhou.
Novos pensamentos
Depois que tirou os pensamentos de dúvidas de sua mente, a vida da vendedora Thaiane Alves Cordeiro Sona, de 23 anos, mudou. Ela conta que há um ano meio, quando conheceu o Templo de Salomão, teve a fé sobrenatural despertada. “Eu fui convidada pela minha cunhada. Eu não acreditava em Deus, mas quando entrei no Templo tive uma experiência com Ele e tudo mudou”, contou a jovem que esteve na cerimônia ao lado de seu esposo, Douglas Campos Sona, de 20 anos.
Thaiane e Douglas aproveitaram o cortejo da Arca para pedir por seus familiares. “Pedimos pela nossa família, para que Deus mostre para eles o caminho da Salvação que Ele nos mostrou”, completou Douglas.
O jovem casal frequenta o Templo de Salomão há um ano e meio. Há dois meses, Thaiane e Douglas foram batizados com o Espírito Santo. “No começo foi uma luta para ser mais racional, mas tudo o que eu vi e ouvi me fez querer ter um encontro com Deus”, lembrou o jovem.
Entrega total
Para receber o que Thaine e Douglas receberam, no entanto, é necessário humildade. O Bispo Renato ainda esclareceu que muitos não O conhecem porque não se desprendem de suas próprias opiniões. “Não há como ter uma aliança com uma pessoa teimosa. Mas se você fizer uma aliança e for a própria Arca por onde for, então, aonde você chegar, os inimigos não resistirão. Com o Espírito Santo você vai arrebentar”, afirmou ele que também reiterou a importância do Jejum de Daniel para alcançar o batismo com o Espírito Santo.
“O Jejum de Daniel, que começa amanhã (6 de agosto), é para tirarmos informações seculares e inúteis que poluem nossa mente. Vamos evitar dar entrada a essas informações e abrir nossa mente às informações de Deus”, finalizou.


Entenda por que você deve ser a própria Arca da Aliança
  • Rafaela Dias / Fotos: Marcelo Alves, Demetrio Koch e Mídia FJU 


reportar erro