Rede aleluia
Dois homens cristãos são presos no Paquistão por pregarem o evangelho
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Fevereiro de 2021 - 22:41


Dois homens cristãos são presos no Paquistão por pregarem o evangelho

Se forem considerados culpados, os dois podem enfrentar a pena de morte

Dois homens cristãos são presos no Paquistão por pregarem o evangelho

Dois cristãos foram acusados de violar as leis do Paquistão por, supostamente, ofender os sentimentos mulçumanos e podem, inclusive, enfrentar uma pena de morte, caso sejam considerados culpados.

Haroon Ayub Masih e Salamat Mansha Masih estavam pregando o Evangelho, no Model Town Park, quando foram abordados por mulçumanos. Segundo relatório policial, os homens falavam sobre a divindade de Jesus e sobre seus profetas, e isso gerou discussão que os levou a responder por acusações contra o Islã.

A polícia local acusou os dois de cometer blasfêmia, segundo o Código Penal do Paquistão. Se forem considerados culpados, eles podem ser executados. 

Perseguição

Infelizmente, esse tipo de acontecimento não é incomum pelo mundo. Pelo contrário, constantemente, notícias como essas são divulgadas onde cristãos são perseguidos, simplesmente, por serem cristãos. 

Segundo a organização Portas Abertas, na Lista Mundial da Perseguição 2021, o Paquistão é o quarto país que mais persegue os cristãos no mundo. 

Esse é mais um sinal que aponta para o fim dos tempos, onde cristãos serão perseguidos por professarem a fé no Senhor Jesus. 

“E odiados de todos sereis por causa do meu nome”. Mateus 10:22 

Na Bíblia Fiel Comentada, em comemoração aos 40 anos da Universal, o Bispo Edir Macedo pontua que “temos visto o massacre de muitos cristãos em vários países do mundo por causa da sua fé” e que isso acontece, porque “estamos vivendo os últimos dias”.

Ainda segundo o Bispo, espera-se que essa perseguição aumente ainda mais. “A tendência é que aumente ainda mais a pressão do inferno contra os filhos de Deus. Porém, aquele que guardar a sua fé até o fim será recompensado com a vida eterna”, completou.

Escola da Fé Inteligente

Para se preparar para esse momento, é fundamental que o ser humano invista em sua vida espiritual e sua salvação. Por isso, todas as quartas-feiras acontece, na Universal, a Escola da Fé Inteligente. 

Uma oportunidade para os que desejam estreitar o seu relacionamento com o Altíssimo, desenvolver sua fé e, sobretudo, guardar a sua salvação. As reuniões da Escola da Fé acontecem em todos os templos da Universal espalhados pelo Brasil. Clique aqui e encontre o mais próximo de você.


Dois homens cristãos são presos no Paquistão por pregarem o evangelho
  • Rafaela Dias / Foto: Getty Images 


reportar erro