Rede aleluia
Diga-me com quem andas…
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 6 de novembro de 2019 - 00:05


Diga-me com quem andas…

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

Diga-me com quem andas…

“Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos  insensatos se tornará mau.” (Provérbios 13.20)

Escolha bem aqueles com quem você anda. Claro que temos que conviver diariamente com todos os tipos de pessoa, e não devemos ser mal educados com ninguém. Porém, não é disso que fala o versículo de hoje. “Andar” e “ser companheiro” se referem a atitudes constantes. Companheiro é aquele que você escolhe para estar sempre com você.

As companhias dão conselhos ou fazem comentários que podem influenciá-lo. Se andar com pessoas negativas, fatalmente aquela negatividade o contaminará. Se andar com pessoas da fé, certamente a sua própria fé será avivada. Você se torna um somatório das vozes que estão ao seu redor. Se as vozes forem de dúvida, você se contaminará com essa dúvida.

Se conviver com pessoas acostumadas a julgar os outros, habituadas a exercitar os maus olhos, cedo ou tarde você também irá julgar os outros e cometer injustiças. A cada dia, você se nutre das palavras que ouve. Se essas palavras forem negativas, de dúvida, de malícia, de desconfiança, você se encherá do lixo trazido por elas e, em breve, esse lixo transbordará.

Porém, se a sua companhia constante for a Palavra de Deus e o Espírito dessa Palavra, você se nutrirá da Palavra, se encherá da justiça e da misericórdia de Deus e transbordará sabedoria. O contato com pessoas que tenham o mesmo Espírito apenas reforçará isso.

Escolha muito bem aqueles com quem você anda. As companhias  podem influenciar para o bem ou para o mal.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo


Diga-me com quem andas…
  • Redação / Foto: Getty Images 


reportar erro