Rede aleluia
O seu maior inimigo não é o diabo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de setembro de 2019 - 13:37


O seu maior inimigo não é o diabo

Saiba mais detalhes de “quem” é o seu verdadeiro adversário

O seu maior inimigo não é o diabo

Por definição, inimigo é todo aquele que se faz contrário a alguém e procura prejudicá-lo.

A Bíblia nos alerta de que o diabo é o nosso adversário e anda sempre ao nosso derredor procurando nos destruir (1 Pedro 5.7). Há até quem não goste de mencionar o nome “diabo” e, em vez disso, fale “o inimigo”, como ele é conhecido popularmente.

Mas, o que muitos desconhecem é que, apesar de ser um, ele não é o nosso maior inimigo.

O Bispo Adilson Silva, responsável pelo trabalho da Universal em São Paulo, ressalta que o maior inimigo do ser humano não é o diabo e, sim, o próprio ser humano.

Nossas vontades

Ele explica que não há pessoa tão santa – ou seja, que não vive na prática do pecado – que não tenha manifestações da sua natureza humana. A mesma natureza que conduz a desejos lícitos, como ter vontade de comer uma comida específica ou de descansar após um dia exaustivo de trabalho, por exemplo, também pode fazer a pessoa cobiçar, por exemplo, alguém que não é seu cônjuge, e desejar uma vida sexual fora do casamento, o que é ilícito.

“A mesma carne vai levar você a se irar e guardar mágoa de quem te fez mal. Ser tentado (a) a odiar. A fazer da mentira uma ferramenta para se livrar de um problema ou para alcançar algum objetivo”, esclarece.

O Bispo alerta que, enquanto estivermos neste vaso de barro – referindo-se ao corpo –, a carne vai manifestar a natureza dela, sempre tentando nos encaminhar contra a disciplina do Reino de Deus. É uma luta que todo ser humano viverá até o seu último dia de vida.

Então, como fazer para não agir segundo sua natureza humana? Qual o segredo para resistir o ímpeto da carne, e não errar?

Domine-se

O maior desafio é resistir à tentação de ceder às vontades ilícitas. É aí que entra o Espírito Santo. Quando uma pessoa O recebe, não significa dizer que ela não passará por tentações. Mas, por tê-lO morando dentro de si, recebeu por meio de um dos Frutos do Espírito – que é o domínio próprio – condição para vencer.

O Senhor Jesus, prestes a ser crucificado, deixou este alerta:

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.” Mateus 26.41

O Bispo Edir Macedo em suas anotações de fé destaca que muitos, ao lerem esta passagem, acabam “abraçando” a interpretação que o diabo quer que elas tenham, a fim de justificar seus pecados, ou seja, a de que a carne é fraca.

“No entanto, o que Jesus quis ensinar é que se a carne é fraca, não podemos fazer nenhuma concessão a ela, nem nos distrairmos, espiritualmente, para não cair em tentação. Deus não permite que sejamos tentados além do que podemos suportar (1Co 10.13). Isso significa que cada um é responsável por sua própria queda espiritual, caso ceda aos impulsos do pecado”, explica.

Não se engane. A carne tende sempre para aquilo que é errado. E para não cedermos aos seus caprichos é necessário negarmos a nossa própria vontade, a fim de fazermos a vontade de Deus.

Lembre-se do que o Senhor Jesus disse:

“Se alguém quer vir após Mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-Me.” Lucas 9.23

Escola da Fé Inteligente

Todas as quartas-feiras, acontece a Escola da Fé Inteligente. Uma reunião voltada para aqueles que querem ter a natureza espiritual e não ceder à indisciplina da natureza humana.

No Templo de Salomão, localizado na Avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás, zona leste de São Paulo, as reuniões acontecem às 10h, 15h e 20h.

Se preferir, compareça em uma Universal mais próxima de sua casa. Consulte aqui os endereços.


O seu maior inimigo não é o diabo
  • Núbia Onara / Foto: Getty Images 


reportar erro