Rede aleluia

Notícias | 12 de agosto de 2019 - 20:48


“Dia da mudança” chega para 11 mil detentas brasileiras

Evento proporcionou a 25% das encarceradas no Brasil um dia de reflexão e cuidados com a aparência.

No dia 2/8, o programa social Universal nos Presídios (UNP) realizou mais um evento em penitenciárias femininas de todo o país. Desta vez, além da doação de produtos, as internas tiveram a oportunidade de participar de palestras comportamentais e de receber cuidados de profissionais da beleza. Cerca de 11 mil mulheres foram beneficiadas, o que representa 25% da população carcerária feminina do Brasil.

De acordo com dados do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), ligado ao Ministério da Justiça, existem 45 mil mulheres presas em todo país.

No exterior, a UNP também realizou o evento em Moçambique, Uruguai, Uganda, Venezuela, México, Quênia, Guiana Inglesa e Panamá.

As reclusas puderam fazer as unhas, limpeza de pele, maquiagem e cortar o cabelo com voluntárias especializadas. Kits de higiene, livros, alimentos e produtos de beleza também foram entregues às encarceradas.

De acordo com o responsável pela UNP, Clodoaldo Rocha, o evento nomeado como “Dia M”, teve o objetivo de promover uma transformação comportamental nas detentas.

Para isso, voluntárias do Projeto Raabe – grupo de amparo a mulheres que sofrem abusos e violência doméstica – ensinaram às detentas sobre a importância de reconhecer o próprio valor e de se perdoar pelas escolhas erradas feitas no passado.

Segundo o Depen, três em cada cinco presas respondem por crimes ligados ao tráfico.

Clodoaldo afirma que muitas dessas mulheres se tornam traficantes em decorrência de relações afetivas, para dar alguma prova de amor ao companheiro. “Depois de encarceradas, cerca de 80% delas são abandonadas pelos parceiros. Apenas 20% das internas recebem algum tipo de visita”, disse.

Em 2018, mais de 500 mil detentos foram beneficiados e 11 mil deles foram ressocializados pela UNP. Os familiares deles, agentes penitenciários e demais funcionários também foram alcançados pelo programa social, ultrapassando 1,6 milhões de beneficiados.


  • Unicom 



reportar erro