Rede aleluia
Desafio da farinha: nova moda da internet pode matar
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de abril de 2020 - 21:17


Desafio da farinha: nova moda da internet pode matar

Não permita que seus filhos coloquem a vida em risco por uma “brincadeira”

Desafio da farinha: nova moda da internet pode matar

Nos últimos dias de abril surgiram centenas de vídeos em todas as redes sociais com o “desafio da farinha”. Impulsionada por artistas, a nova moda da internet ganhou adeptos de todas as idades, inclusive crianças e adolescentes.

Influenciadores digitais como os cantores Anitta, Wesley Safadão, Kevinho e Simone (da dupla com Simaria) postaram seus desafios e obtiveram milhões de curtidas. Consequentemente, inúmeros internautas passaram a repetir a “brincadeira”.

Infelizmente, todas essas pessoas estão colocando suas vidas em risco.

O que é o desafio

O desafio da farinha é um jogo de perguntas, em que pelo menos dois participantes disputam. A cada pergunta, uma terceira pessoa, que age como “juiz”, escolhe um disputante e mergulha sua cabeça em um monte de farinha.

Por exemplo: A pergunta pode ser “Quem demora mais para se vestir”.

Aquele que o juiz julgar mais demorado, terá o rosto mergulhado.

E é nesse mergulho que está o perigo.

Risco de morte

Em reportagem especial da Record TV, o pneumologista Osvaldo Sabino explicou:

“Se chegar à glote, a farinha pode provocar um espasmo, que é uma reação alérgica, e o fechamento da glote. Isso mata a pessoa por asfixia. Quando a gente chega no pronto-socorro e tem um paciente com espasmo de glote, não é nenhuma raridade ter que fazer uma traqueostomia nele. Ou seja: abrir um buraquinho na garganta para ele respirar pela garganta.”

De acordo com o especialista, o desafio da farinha também pode causar a morte, quando a substância inalada passa pela glote: “Se essa farinha passar para baixo da glote, ela vai chegar ao pulmão. Vai provocar aquilo que a gente chama de broncoaspiração. Pode dar a mesma reação exagerada no brônquio e fechá-lo. E aí ela tem muita falta de ar e pode morrer.”

Pais, estejam atentos

Esse tipo de “desafio” encontra mais público entre crianças e adolescentes, que gostam de seguir os modismos da internet – especialmente se um amigo convidar.

Por isso, os pais devem estar muito atentos a tudo o que os filhos assistem e compartilham na internet.

“Os pais podem evitar que os filhos corram perigo, quando eles têm esse conhecimento do que os filhos estão sujeitos a ver também na internet”, orienta Andrea Villas Boas, coordenadora da Escola Bíblica Infantil (EBI).

De acordo com a educadora, “os pais têm o direto de controlar o acesso dos filhos à internet, orientando sobre os conteúdos que assistem e postam”.

Aliás, é fundamental que os pais estejam atentos, “procurando ensinar e orientar sobre essas modinhas que aparecem e que não trazem benefício algum e, na maioria das vezes, podem ter consequências até mesmo fatais”.

Mas, se você tem dificuldade em estabelecer essa relação com seus filhos, clique aqui e conheça melhor o trabalho da EBI. Onde educadoras estão prontas para auxiliar os pais.


Desafio da farinha: nova moda da internet pode matar
  • Andre Batista / Imagem: Reprodução Youtube @Acervo Sertanejo 


reportar erro