Rede aleluia

Notícias | 26 de junho de 2019 - 13:10


Os vereadores que votaram contra Crivella sabem que ele não cometeu nenhuma irregularidade. Mas, por que insistem pelo seu afastamento?

Crivella segue firme trabalhando pelo Rio e, sobretudo, pelos que mais precisam

O prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella, escolhido por quase 60% dos eleitores cariocas, segue firme na liderança da cidade. Isso porque, na tarde desta terça-feira (25), a Câmara Municipal decidiu pelo arquivamento do processo de impeachment ao qual o prefeito respondia.

Em resumo, a acusação era de que houve irregularidades em contratos de publicidade. Entenda tudo sobre o caso, clicando aqui.

Após as investigações, a comissão processante concluiu que Crivella não cometeu nenhum crime. Assim, os vereadores do Rio de Janeiro votaram, em sua maioria, pelo prosseguimento do trabalho de Crivella.

Foram 35 votos em favor do prefeito, mas apenas 13 em favor do impedimento. Entre os partidos que votaram contra o prefeito, destaca-se o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), que teve 6 vereadores votando a favor do processo: Babá, Doutor Marcos Paulo, Leonel Brizola, Paulo Pinheiro, Renato Cinco e Tarcísio Motta. Outro partido que se esforçou na oposição foi o Partido dos Trabalhadores (PT), com os vereadores Reimont e Luciana Novaes.

Além deles, Átila Nunes e Rosa Fernandes (MDB), Fátima da Solidariedade (PSC), Fernando Willian (PDT) e Teresa Berguer (PSDB) também votaram a favor do impeachment.

Os vereadores que votaram contra Crivella sabem que ele não cometeu nenhuma irregularidade. Mas, por que insistem pelo seu afastamento?

O processo deixou claro que Crivella não cometeu irregularidade alguma. Ainda assim, os opositores seguem contestando suas atitudes, sem jamais apresentar qualquer prova que incrimine o prefeito. Entre os vereadores da esquerda carioca há o plano de tentar o impeachment mais uma vez ao final de 2019. Evidentemente, essa atitude visa ganhar popularidade nas eleições municipais de 2020.

Em favor do prefeito pesam o amplo apoio público desde as eleições. Se em 2016 Crivella conquistou 1,7 milhão de votos entre os 2,8 milhões possíveis, na tarde desta terça-feira diversos setores populares demonstraram o apoio ao prefeito. Somente na Câmara, durante a votação, centenas de taxistas, ambulantes e moradores das periferias foram prestar apoio ao prefeito.

Também pesa em favor do prefeito o notável avanço que tem sido realizado em áreas como saúde, educação, transporte e lazer.

Assista ao vídeo abaixo para conhecer os números da gestão de Crivella:

Talvez a grande campanha que a imprensa e a esquerda fazem contra o prefeito envolva outras questões. Por exemplo, o corte de envio de dinheiro para o grupo Globo, que controla parte da mídia no Rio de Janeiro.

Em gestões anteriores, chegou-se a enviar R$ 25 milhões às empresas dos Marinho, em nome de publicidade. Dez vezes mais do que a todas as outras emissoras de televisão juntas. Os prefeitos que fizeram isso foram condenados por improbidade administrativa após deixarem o cargo, mas não sofreram processos de impeachment durante a gestão.

Então, é válido questionar o que realmente incomoda a oposição: o bom trabalho realizado pelo prefeito ou a honestidade comprovada dele?

 


  • Andre Batista / Imagem: PAULO CARNEIRO/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO 


reportar erro