Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 28 de janeiro de 2020 - 11:19


Coronavírus alerta para mais um sinal do Fim dos Tempos

Saiba como se preparar para a volta de Jesus

Profissionais da saúde chineses estão trabalhando com fraldas, por falta de tempo para ir ao banheiro e por medo de contaminação com o novo coronavírus. Isso porque, após o surto do novo tipo de vírus, os hospitais de Wuhan, na China, local onde há o maior número de casos de pessoas contaminadas, estão um completo caos.

Os corredores estão lotados, pacientes aguardando e a fila para atendimento cresce a cada momento. Até o fechamento desta reportagem, o novo coronavírus já havia matado mais de 80 pessoas e infectado outras quase três mil.

Nesta segunda feira (27), a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou como elevado o risco internacional de contaminação do coronavírus. Anteriormente, a organização havia classificado como moderado, mas diz ter se tratado de um erro.

“Trata-se de um erro de formulação nos informes de situação dos dias 23, 24 e 25 de janeiro, e o corrigimos”, informou a organização.

O vírus

Pertencente à família dos coronavírus, grupo que possui agentes infecciosos que causam sintomas de resfriado e outras manifestações graves, o 2019-nCoV provoca complicações respiratórias nos infectados. Até onde se sabe, o novo coronavírus pode ter tido origem em animais como serpentes ou morcegos.

Os cientistas chineses ainda acreditam que o vírus tenha se espalhado a partir do contato de um animal com o ser humano e que ainda esteja em processo de evolução. A China anunciou a proibição nacional da venda de animais silvestres em mercados, restaurantes e plataformas do comércio eletrônico.

O novo coronavírus ainda rompeu fronteiras e já registrou casos em diversas partes do mundo. Já foram informados casos na Oceania, Europa e América, totalizando 13 países.

Fim dos tempos

Um dos sinais do Fim dos Tempos é a aparição de novas doenças capazes de dizimar a população mundial. O Senhor Jesus, quando falava sobre os sinais que antecederão ao fim, aos discípulos, afirmou que doenças estariam presentes. Veja a seguir:

“Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.” Mateus 24:7

“As pestes ou epidemias que durante séculos ceifaram a vida de milhares de pessoas em várias partes do planeta serão mais frequentes. Nós temos visto isso em nossos dias, pois até mesmo doenças que eram consideradas erradicadas têm ressurgido em algumas partes do mundo, deixando as nações em estado de alerta”, disse o Bispo Edir Macedo, em seu comentário na Bíblia Fiel Comentada, em comemoração aos 40 anos da Universal.

Temos visto sinais que antecedem a volta do Senhor Jesus. Fome, rumores de guerra, perseguição e doenças têm feito parte do cotidiano das mais de sete bilhões de pessoas no mundo. 

“Da mesma forma que as dores de uma mulher se intensificam, à medida que o parto se aproxima, o crescente aumento dos enganos, das guerras, da fome, das pestes e dos terremotos mostra que a humanidade está perto do fim. Todos esses eventos são apenas alguns sinais que precedem a vinda do Senhor Jesus”, comentou o Bispo Edir Macedo.

Prevenção

Voluntários da Universal na China têm se mobilizado para auxiliar à população do local para que o vírus não se espalhe, como explicou o pastor Gilbert Ferreira, responsável pelo trabalho evangelístico da Universal em Macau. “Na Igreja, antes dos cultos, temos o grupo de voluntários do Grupo da Saúde, espirrando álcool nas mãos das pessoas. Também temos bacias com produtos químicos para matar bactérias nos sapatos e oferecemos máscaras para quem precisa”, completou o pastor.

Prepare-se

É fundamental que o ser humano esteja preparado para o momento em que o Senhor Jesus voltará e o fim do mundo acontecerá.

Assista ao vídeo abaixo:

Para se preparar, participe de uma reunião em uma Universal, nesta quarta-feira, na Escola da Fé Inteligente, e mantenha sua salvação em dia. Além disso, cultive o seu relacionamento com Deus para passar a eternidade com Ele.

Procure uma Universal mais próxima de você e comece a investir em sua salvação. Clique aqui e veja o endereço mais próximo.

 


  • Rafaela Dias / Fotos: Cedidas 


reportar erro