Rede aleluia

Notícias | 7 de novembro de 2019 - 00:05


Contra a morte

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 6.23)

O pecado gera a morte, porque primeiro gera dúvida; e a dúvida gera a morte. A fé, que é a convicção que vem pela Palavra de Deus, gera vida. A fé que Deus nos tem dado é para que nós tenhamos o comportamento e o caráter de acordo com a Palavra dEle. Mas existem regras que estabelecem o poder da fé.

Uma vez que a dúvida é realçada, a sua fé fica caída, prostrada, desanimada. Esse é o problema da maioria dos cristãos, que creem em Deus, são fiéis a Deus, mas carregam dentro de si uma dúvida. Quando Adão e Eva pecaram, imediatamente veio a acusação em suas consciências e eles se esconderam de Deus (Gênesis 3.8-10). Eles se esconderam, acuados pelo medo, porque a má consciência era a dúvida instalada dentro deles. A dúvida é a mãe do medo, é a mãe da preocupação. A dúvida é a mãe dos filhos deste mundo.

As dúvidas trazem medo, preocupação, depressão, ansiedades; as dúvidas geram intranquilidade, falta de paz, tristeza. Sobretudo, as dúvidas trazem o fracasso. Você deixa de acreditar em si mesmo, porque está em dúvidas. E se não acredita em si mesmo, a quem você vê, como vai crer em Deus, a quem não vê?

A fé é o antídoto contra as dúvidas, contra a morte. Limpar a consciência, crer em si mesmo e fortalecer a sua fé combate todos os sintomas mortíferos da dúvida. A fé não é simples ferramenta para conquistar um sonho pessoal. A fé é o poder de Deus para que nós venhamos a conquistar o Reino dos céus, isto é, para que tenhamos acesso a tudo o que Deus é e a tudo o que Deus tem. Você pode usá-la hoje mesmo e transformar qualquer situação que tenha se levantado contra você.

Despreze a dúvida, a insegurança e o medo. Fortaleça a sua fé,  para que possa ter verdadeira vida.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo


  • Redação / Foto: Getty Images 


reportar erro