Rede aleluia
Confira o guia da OMS para os cuidados com relação ao coronavírus
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de março de 2020 - 00:46


Confira o guia da OMS para os cuidados com relação ao coronavírus

Muitas pessoas estão se sentindo pressionadas com as notícias sobre o Covid-19. O que fazer?

Confira o guia da OMS para os cuidados com relação ao coronavírus

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou um guia para os cuidados emocionais e psicológicos relacionados ao coronavírus (ou Covid-19).

Infelizmente, com o pânico gerado por parte da mídia, há pessoas que estão sob uma grande pressão psicológica. Essa condição pode ocasionar efeitos ainda piores na sociedade. Entre eles, o medo, o isolamento social e o desemprego.

Diga “não” ao pânico gerado por parte da mídia

É por isso que toda a população deve manter a calma neste momento difícil e se apoiar apenas em fatos. Segundo a OMS, “os fatos ajudam a minimizar o medo”.

“Reduza a leitura ou o contato com notícias que podem causar ansiedade ou estresse. Busque informação apenas de fontes fidedignas e dê passos práticos para preparar seus planos, proteger-se e à sua família.  Procure informações e atualizações uma ou duas vezes ao dia, evitando o ‘bombardeio desnecessário’ de informações. A enxurrada de notícias sobre um surto pode levar qualquer pessoa à preocupação. Informe-se com os fatos e não os boatos ou as informações erradas”, aconselha a publicação da OMS.

Leia também: Mídia oportunista ataca Bispo Macedo por tentar evitar o pânico contra pandemia

Com o intuito de esclarecer cuidadosamente sobre o tema, no dia 15 de março último, o programa Entrelinhas trouxe uma entrevista com o médico pneumologista Ricardo Teixeira e o chefe da secretaria de comunicação social do Governo Federal, Fabio Wajngarten, que testou positivo ao coronavírus.

Confira a íntegra no vídeo abaixo:

Devemos apoiar uns aos outros

Outra recomendação da OMS foi sobre a importância do “amor ao próximo”. Este tem sido um papel que a Universal tem desempenhado, firmemente, ao longo desse cenário de insegurança. Saiba que por meio do Pastor Online é possível conversar a qualquer momento sobre os seus temores.

Leia também: Coronavírus: está difícil o isolamento, se sente apreensivo e um vazio te atormenta?

“Proteja a si próprio e apoie os outros ajudando-os em seus momentos de necessidade. A assistência a outros em seu momento de carência pode ajudar a quem recebe o apoio como a quem dá o auxílio. Um exemplo: telefone para seus vizinhos ou pessoas em sua comunidade que precisam de assistência extra. Atuando juntos, como uma comunidade, pode ajudar a criar solidariedade e a enfrentar o covid-19 em união”, acrescenta a OMS.

Portanto, como “Igreja” podemos nos ajudar neste momento para que seja possível vencer todos os obstáculos que possam aparecer pelo caminho.

Além disso, você pode usar este período em favor do Reino de Deus. De que maneira? Quando você for assistir as reuniões pela internet ou televisão, convide toda a sua família para participar. Será um meio de você evangelizar a sua casa.

Leia também: Coronavírus: fique por dentro do que acontece na Universal

Acompanhe as reuniões pela internet, televisão e rádio

Por meio da plataforma de streaming Univer Vídeo (instale o aplicativo para Android e iOS ou acesse pelo navegador), pela TV Universal e pelos canais de televisão 21, CNT e Rede Família, você poderá participar das reuniões online da Igreja em tempo real (ao vivo). Se preferir, acompanhe pela Rede Aleluia (99,5 FM) de rádio (confira o Facebook).

Igualmente, fique de olho no Portal Universal.org para que, ao longo desse período, você possa se atualizar do que acontece na Universal.


Confira o guia da OMS para os cuidados com relação ao coronavírus
  • Daniel Cruz / Foto: Getty Images 


reportar erro