Rede aleluia
Como você tem se apresentado a Deus?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 6 de Julho de 2021 - 15:49


Como você tem se apresentado a Deus?

Enquanto Jacó se apresentou a Deus de forma parcial, Deus não pôde lhe dar uma nova identidade

Como você tem se apresentado a Deus?

Durante a reunião de obreiros realizadas no último sábado (03), no Templo de Salomão e transmitida por videoconferência para todo Brasil, o Bispo Júlio Freitas, destacou que não se trata de mérito o fato de estarmos na presença de Deus ou daqueles que estavam afastados terem retornado. Trata-se, única e exclusivamente, da compaixão de Deus, para que possamos aprender a boa, perfeita e agradável vontade dEle.

É o que o Espírito Santo nos mostra, por meio da Palavra de Deus:

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. ” Romanos 12:1,2

No entanto, para que possamos usufruir da Sua boa, perfeita e agradável vontade, Deus condiciona a que nos apresentemos como sacrifício vivo e santo. Pois, se diante de uma autoridade terrena, nós não nos apresentamos de qualquer maneira, que dirá diante do Altíssimo.

Como você se apresenta a Deus?

O Bispo Júlio explica que muitos se apresentam a Deus parcialmente, a exemplo de Jacó, que usava a fé exclusivamente para as conquistas. Somente quando ele se apresentou a Deus por completo é que o seu interior pôde ser transformado.

Mas, infelizmente, existe na Obra de Deus aqueles que ainda se apresentam como um sacrifício morto. O Bispo Júlio explica que o sacrifício morto é religioso, é aquela oração, aquele louvor feito mecanicamente. A pessoa vai à igreja, participa das reuniões, mas com a cabeça em outro lugar. “Quer dizer, você não está em Espírito, você está vivo fisicamente, mas, espiritualmente, está morto, porque despreza as coisas espirituais”, afirma.

A maior injustiça

Por isso, é imprescindível o Batismo com o Espírito Santo, pois somente assim você será transformado em um novo homem, uma nova mulher, ou seja, receberá uma nova identidade.

“Porque não há injustiça maior do que alguém se chamar servo de Deus e não ter o Espírito do Seu Senhor. E se você já O possui, então que a sua vida, o seu caráter O glorifique. Que a sua adoração venha realmente louvar ao Senhor, mesmo de boca fechada. Porque têm pessoas que só louvam a Deus de boca, mas Deus quer muito mais do que isso. Pois Ele deu tudo por nós, então o nosso sacrifício tem que ser santo e agradável a Deus”, destaca.

Ele destaca ainda que, quando somos esse sacrifício, há aprovação de Deus. Porém, muitos foram reprovados, porque desprezaram a oportunidade de se tornarem sacrifício vivo no Altar de Deus. Outros, que um dia foram aprovados, acabaram apagando o Espírito Santo dentro deles, ao tolerarem e compactuarem com fofocas, ressentimentos, malícia, vaidades e iniquidades, que desagradam a Deus profundamente.

Autoanálise

Deus exige que o nosso culto seja racional, inteligente, espontâneo. E o diabo odeia essa fé, porque a fé inteligente que foi dada pelo Espírito Santo não nos deixa ser manipulado por ninguém.

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca. ” Mateus 26.41

O Senhor Jesus nos alertou com respeito ao mundo que é egoísta, materialista, vaidoso. Então, quem está salvo tem um cuidado muito grande em relação a sua Salvação. Você deve avaliar diariamente o que está pensando, falando, para onde está olhando, o que está ouvindo, sentindo, o que está fazendo, o que vai fazer, para onde está andando e como está andando. “Essa autoanálise constante é pessoal, não tem nada a ver com a igreja, é você e Deus. O diabo quer apenas uma brecha para lhe esfriar e lhe derrubar e depois lhe excluir do Corpo de Cristo”, alerta o Bispo.

Clique aqui e assista à reunião de obreiros na íntegra.


Como você tem se apresentado a Deus?
  • Jeane Vidal / Foto: Reprodução 


reportar erro