Rede aleluia

Notícias | 2 de setembro de 2018 - 00:05


Como é o trabalho da Universal na Colômbia

São 28 anos de evangelismo no país. Conheça essa história

A história da Universal na Colômbia começou em 1990, em Bogotá, capital do país. O trabalho teve início com a chegada de seis missionários do Brasil, que se deslocaram até lá com a firme intenção de levar a boa-nova da Salvação aos colombianos.
As primeiras reuniões foram no Teatro Arlequín, no bairro de La Soledad. Apesar das dificuldades e perseguições, o trabalho se multiplicou.

Em 1994, o evangelismo cresceu e duas novas Igrejas foram abertas nas cidades de Tibabuyes e Chapiero.
Dois anos depois, a Universal lançou no país a primeira edição do jornal Noticias Universal. A resposta do povo colombiano foi notória: centenas de cartas de pessoas desesperadas e aflitas chegaram à Igreja com pedidos de ajuda espiritual.
Foi ainda em 1996 que a Universal abriu suas portas nas cidades de Cali, Bucaramanga, Medellín e Barranquilla. Diante de cinco mil pessoas, foi inaugurada também a primeira sede da Igreja em um antigo coliseu de luta livre, localizado em Bogotá.
A partir daí, grandes eventos aconteceram, como a concentração no Coliseu El Campín, maior estádio da capital colombiana, quando mais de 25 mil pessoas estiveram presentes ao encontro conduzido pelo Bispo Edir Macedo.
Quem leva a Palavra
Hoje, são 119 templos e 217 núcleos espalhados por todo o país. Para que a Palavra de Deus seja levada a quem não a conhece, a Obra conta com o ajuda de 118 pastores, incluindo os auxiliares.
Ao longo dos anos, muitas pessoas já entregaram suas vidas verdadeiramente a Deus e foram transformadas por meio de trabalhos sociais.

Atualmente, há um grupo composto por mais de 2,1 mil homens e mulheres que oferecem assistência às pessoas que vão à Igreja. Há também o grupo de Evangelização, com mais de
3,2 mil membros.
E o trabalho não para por aí. Mais de cinco mil jovens do Força Jovem Universal (FJU) atuam fortemente em ações culturais e esportivas.
Voluntários do Calebe também amparam as pessoas de melhor idade. Além deles, ainda existem os grupos T-
Help, Prisional, Godllywood e IntelliMen.

Em busca de almas
Há pouco mais de um ano, o trabalho da Universal no país é comandado pelo Bispo Gilson Silva. “Estamos trabalhando para alcançar o maior número de pessoas que sofrem e precisam de Deus. Os colombianos são pessoas trabalhadoras, gentis e fervorosas, mas sofrem por razões socio-políticas. Somos abençoados por termos pessoas incluídas nos grupos e projetos que nos ajudam a espalhar o Evangelho e o poder da fé. Estamos avançando com a Obra de Deus”, comentou.


  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas pela Universal da Colômbia  


reportar erro